Consultor Jurídico

Quase imunizados

81% dos presos do Rio já receberam primeira dose da vacina contra a Covid-19

No estado do Rio de Janeiro, 34.742 presos (81% da população carcerária do estado) já receberam a primeira dose da vacina contra Covid-19. E a previsão é de que até a próxima semana 100% dos presos da cidade do Rio tenham recebido, pelo menos, a primeira dose da vacina.

Quase todos os presos da cidade do Rio já tomaram a primeira dose da vacina
Reprodução

Os dados foram apresentados pelo juiz Bruno Rulière, em exercício na Vara de Execuções Penais, em reunião do Comitê Interinstitucional para Acompanhamento das Medidas de Enfrentamento à Covid-19 promovido no Tribunal de Justiça do Rio nesta quinta-feira (8/7).

Bruno Rulière também disse que os presos que ingressam no sistema estão sendo vacinados após as audiências de custódia e que o Rio está avançado na imunização dos detentos em comparação a outros estados.

O juiz auxiliar da 2ª Vice-Presidência Marcelo Oliveira da Silva abordou também a preocupação do comitê com a vacinação dos jovens entre 18 e 21 anos que estão no sistema socioeducativo. “A vacinação dos adolescentes acima de 18 anos já se iniciou. Nós temos, até o fechamento de ontem (7/7), 154 jovens acima de 18 anos vacinados e os que ainda não foram vacinados já têm agendamento em acordo com cada secretaria municipal”, informou a coordenadora de Saúde do Departamento Geral de Ações Socioeducativas (Degase) Eliana Lobo.

Também participaram da reunião o juiz auxiliar da Presidência Rafael Estrela, a juíza auxiliar da Corregedoria-Geral da Justiça Renata Guarino Martins, o juiz em exercício na Vara de Execuções Penais Marcello Rubioli, a juíza titular da Vara de Execuções de Medidas Socioeducativas da capital, Lucia Mothe Glioche, o defensor público Daniel Diamantaras, a deputada estadual Martha Rocha, o secretário de estado de Administração Penitenciária, Raphael Montenegro Hirschfeld, a superintendente da Secretaria de estado de Saúde, Karen Athié, o diretor-geral do Degase Marcelo Ramos do Carmo, as representantes do Programa Fazendo Justiça do Conselho Nacional de Justiça Mariana Leiras e Luciana Simas Chaves de Moraes, e Uranis David de Assumpção, representante do Degase.

O Comitê Interinstitucional para Acompanhamento das Medidas de Enfrentamento à Covid-19 do TJ-RJ foi criado para atuar na fiscalização das medidas adotadas pelo Poder Público para a proteção de direitos fundamentais de pessoas privadas de liberdade e no monitoramento da situação, a fim de subsidiar uma atuação articulada com base em evidências. Com informações da assessoria do TJ-RJ.




Topo da página

Revista Consultor Jurídico, 8 de julho de 2021, 19h52

Comentários de leitores

1 comentário

Desempenho do poder público e SEAP

guilherme costa 2604 (Advogado Autônomo - Civil)

Me parece que quem merece ser verdadeiramente laureado é o Secretário da SEAP Hirschfeld, e seus subordinados. Certamente, são eles, junto aos profissionais médicos que propiciaram tal feito.

É sempre uma alegria ver raras amostras de eficiência na gestão da coisa e interesse público.

Continuem com o bom trabalho!

Comentários encerrados em 16/07/2021.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.