Consultor Jurídico

Imagem abalada

Jornalista é condenado a indenizar a Eucatex em R$ 15 mil

Por 

Juiz acatou argumentos da empresa e determinou a remoção do conteúdo e indenização por dano moral
Divulgação

O juiz Rodrigo Cesar Fernandes Marinho, da 4ª Vara Cível de São Paulo, condenou o jornalista Mário César Carvalho a indenizar a Eucatex S/A Indústria e Comércio em R$ 15 mil, por danos morais.

Em seu pedido, a empresa alega ter sofrido danos morais em decorrência de reportagem assinada pelo réu. O texto "Banco dos EUA levanta suspeita sobre lavagem de R$ 1,4 bi na Eucatex de Maluf" foi publicado no site Poder 360.

Segundo a empresa, o texto induz o leitor a pensar que a empresa está sendo investigada nos Estados Unidos, o que a companhia nega.

O réu foi citado por correio e não respondeu. O juiz julgou o pedido precedente. "A publicação de matéria imputando à autora a prática de diversas infrações é suficiente para abalar a imagem da empresa e, por consequência, caracterizar a existência de dano moral indenizável", pontuou.

Além de fixar a indenização em R$ 15 mil, o magistrado determinou a retirada da reportagem do ar sob pena de multa diária no valor de R$ 1 mil, limitada a R$ 10 mil. A empresa foi representada pelo escritório Diamantino Advogados.

Clique aqui para ler a decisão
1093870-78.2020.8.26.0100




Topo da página

 é repórter da revista Consultor Jurídico.

Revista Consultor Jurídico, 13 de janeiro de 2021, 18h40

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 21/01/2021.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.