Consultor Jurídico

Notícias

Rotina alterada

Escritórios de advocacia adotam medidas para combater coronavírus

Por 

Na esteira dos tribunais que adotaram uma série de mudanças nos procedimentos e prazos para tentar conter o avanço do coronavírus (Covid-19), escritórios de advocacia têm adotado medidas para tentar prevenir a proliferação do vírus. A ConJur identificou alguns que já definiram um plano de ação. 

Escritórios de advocacia mudaram completamente sua rotina de trabalho para tentar combater o contagio de coronavírus
Reprodução

Mattos Filho — O escritório buscou o apoio de médicos infectologistas para definir o plano de ação de combate à pandemia. A banca reforçou os canais de comunicação com seus profissionais para passar informações sobre cuidados com higiene pessoal e intensificação de medidas sanitárias a serem adotadas em suas instalações, como oferta de álcool em gel nos andares e salas de reunião e ventilação dos ambientes de trabalho. O escritório também se preparou para oferecer suporte a todos os profissionais que necessitem trabalhar remotamente.

Advocacia José Del Chiaro — Há três semanas, o escritório vem adotando medidas para tentar conter a pandemia. Primeiro, intensificando os cuidados com a higiene a distribuindo álcool em gel. Na última sexta-feira, a banca decidiu adotar o trabalho remoto em São Paulo e em Brasília.

WZ Advogados — Todos os profissionais passaram a adotar home office a partir desta segunda-feira (16/3). O escritório está trabalhando com os prazos antigos — apesar da suspensão de prazos de processos em alguns tribunais— e as medidas têm prazo indeterminado.

Peixoto & Cury — A tradicional banca determinou que profissionais que estariam no grupo de risco trabalhem por, ao menos, 30 dias remotamente. Os demais profissionais foram divididos em dois grupos que irão intercalar 15 dias de home office cada um. As reuniões com os clientes também passaram a ser preferencialmente por meio de aplicativos.

PSG Advogados O escritório decidiu aderir ao isolamento aconselhado por autoridades sanitárias e seus profissionais estão trabalhando remotamente.

Rubens Naves Santos Junior Advogados — Passou a trabalhar remotamente nesta segunda-feira (16/3).

Maneira Advogados — A sede paulista do escritório adotou home office. No Rio de Janeiro, o trabalho remoto é facultativo. Em Brasília o funcionamento não foi alterado. Alguns setores estratégicos e os sócios estão de plantão.

Sampaio Ferraz Advogados — O escritório implementou home office e apenas uma pessoa virá a cada dois dias para pegar correspondência. As reuniões são feitas por telefone ou videoconferência.

Briganti advogados — O escritório com unidades em São Paulo, Canadá e Espanha adotou integralmente o esquema de trabalho remoto.

Rodrigues & Arruda Advogados — O escritório que atua nas áreas de Direito Criminal, Direito Administrativo e Relações Governamentais adotou esquema de trabalho home office.

Viseu Advogados — Com 150 advogados que atuam em áreas que vão do Direito do Consumidor ao Direito Penal empresarial, a banca decidiu adotar o trabalho 100% remoto.

Figueiredo & Velloso Advogados Parte da equipe adotou home office e determinou que diligências presenciais serão mantidas em casos essenciais. Os profissionais do escritório vão trabalhar seguindo os prazos antigos — apesar de alguns tribunais terem suspendido os prazos.

Zockun & Fleury Advogados Adotou home office e irá realizar a maioria das reuniões por conferência telefônica ou telepresencial. As medidas abarcam também o corpo administrativo do escritório e, por conta disso, a central telefônica ficará inoperante. Por esta razão, os sócios administradores podem ser contatados diretamente.

Costa Tavares Paes Advogados A maioria das equipes adotou regime de trabalho home office; viagens e comparecimento a eventos foram limitados às tarefas imprescindíveis; e as reuniões serão feitas por telefone ou meios eletrônicos.

Melcheds Mello e Rached Advogados 100% da equipe trabalhando em home office.

D'Urso e Borges Advogados Associados — O escritório decidiu dar férias coletivas para parte de seus colaboradores. O restante da equipe atua desde o último dia 15 no esquema de home office.

Trench Rossi Watanabe — 100% da equipe passou a trabalhar remotamente. 

Zilveti Advogado 100% da equipe trabalhando remotamente. As reuniões com o clientes estão sendo feitas por meios digitais.  

 é repórter da revista Consultor Jurídico.

Revista Consultor Jurídico, 16 de março de 2020, 19h24

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 24/03/2020.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.