Consultor Jurídico

Repouso domiciliar

Dias Toffoli recebe alta hospitalar, mas segue de licença médica

Toffoli recebeu alta hospitalar, mas seguirá em licença médica até o dia 7 de junho
Dorivan Marinho/SCO/STF
 

O presidente do Supremo Tribunal Federal, ministro Dias Toffoli, recebeu alta hospitalar na noite deste sábado (30/5). Apesar da liberação, ele seguirá em licença médica até o próximo domingo (7/6). A informação foi confirmada pela assessoria de comunicação do STF.

Toffoli foi internado no último sábado (23/5) para uma pequena cirurgia, que transcorreu bem. Mas apresentou sinais respiratórios que sugeriam infecção pelo novo coronavírus e, por isso, permaneceu internado em observação.

O ministro já foi submetido a quatro testes de detecção do vírus da Covid-19, cujos resultados foram negativos. Ainda no hospital, Toffoli recebeu ofício assinado por todos os presidentes dos tribunais de Justiça do país.

A manifestação do colegiado de Presidentes de Tribunais de Justiça do Brasil se dá em meio a ataques do presidente Jair Bolsonaro e de seus apoiadores contra o órgão de cúpula do Judiciário e guardião da Constituição da República.

No texto, o colegiado afirma que "não há espaço para retrocessos, ainda que ataques pontuais neste momento delicado para as instituições brasileiras tentem desestabilizar a tão sonhada consolidação da nossa democracia".

Enquanto Toffoli está de licença, a presidência da Corte tem sido exercida pelo seu vice, ministro Luiz Fux.

Topo da página

Revista Consultor Jurídico, 31 de maio de 2020, 11h33

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 08/06/2020.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.