Consultor Jurídico

Durante Calamidade

Trabalho remoto no TJ-MG supera 15 milhões de atos processuais

Sede do TJ-MG

O Tribunal de Justiça de Minas Gerais chegou à marca de 15.432.744 atos processuais após a adoção do trabalho remoto, em 16/3. Os números, apurados até a última terça-feira (23/6), apontam que foram arquivados 512.308 processos. Valores bem acima daqueles que foram distribuídos no período: 384.158.

Foram assinadas 726.405 decisões e sentenças. Outros 1.412.498 despachos foram publicados no Diário do Judiciário eletrônico (DJe) e Portal TJ-MG.

Servidores e colaboradores movimentaram 12.753.671 atos judiciais exclusivamente no Processo Judicial eletrônico (PJe).

O presidente do TJ-MG, desembargador Nelson Missias de Morais, destacou a relevância dos números e os creditou ao comprometimento de magistrados, servidores e colaboradores com a missão de entregar ao cidadão uma justiça célere e qualificada.

O magistrado ressaltou que os integrantes da corte mineira souberam compreender a importância do momento e aumentaram a produtividade. Com informações da assessoria de imprensa do TJ-MG.

Topo da página

Revista Consultor Jurídico, 27 de junho de 2020, 17h01

Comentários de leitores

1 comentário

#digitalizaTJMG

Rogê Miranda (Advogado Autônomo)

O E. TJMG só vem pecando em relação à digitalização dos autos físicos.
O TJSP adotou importante medida (partes e servidores digitalizando) que permite um fluxo de digitalização maior do que o modelo adotado pelo TJMG (só servidores digitalizando).

A celeridade do sistema eletrônico está manifesta! Os números na pandemia demonstraram isso. Agora é digitalizar tudo e oferecer ao jurisdicionado um meio adequado de solução dos conflitos. #DigitalizaTJMG #digitalizaTudo

Comentários encerrados em 05/07/2020.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.