Consultor Jurídico

Desde março de 2020

Justiça Federal profere 4 milhões de sentenças e acórdãos em trabalho remoto

Apesar das dificuldades impostas pela pandemia da Covid-19, a produtividade da Justiça Federal durante o trabalho remoto, no âmbito de primeiro e segundo graus, mantém o seu ritmo. De 16 de março de 2020 a 2 de maio de 2021, foram proferidas 3.981.445 sentenças e acórdãos, contabilizando os números de todas as instâncias e regiões do país, com a ressalva de que os dados do Tribunal Regional Federal da 3ª Região começaram a ser contabilizados em 20 de março de 2020.   

DivulgaçãoSede do Conselho da Justiça Federal

As informações foram consolidadas pela Secretaria de Estratégia e Governança do Conselho da Justiça Federal (SEG/CJF) e podem ser conferidas no Observatório da Estratégia da Justiça Federal, ferramenta que apresenta visualizações de indicadores, instruções sobre metodologias de trabalho e, ainda, a organização de documentos de referência na gestão do planejamento, dos projetos e das metas estratégias da Justiça Federal. 

O balanço também mostra que, durante o período mencionado, num total de 412 dias, os tribunais e seções judiciárias foram responsáveis por 5.195.493 decisões, 7.715.325 despachos e 174.526.664 movimentações processuais. Com informações da assessoria de imprensa do Conselho da Justiça Federal.




Topo da página

Revista Consultor Jurídico, 12 de maio de 2021, 20h00

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 20/05/2021.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.