Consultor Jurídico

Durante a epidemia

STJ proferiu mais de 336 mil decisões em regime de trabalho remoto

O Superior Tribunal de Justiça já proferiu mais de 336 mil decisões desde a implementação do trabalho remoto, em 16 de março. A medida foi tomada com a finalidade de evitar a disseminação do novo coronavírus.

STJSTJ proferiu mais de 336 mil decisões em regime de trabalho remoto

Das decisões proferidas entre 16 de março e 6 de setembro, 254.063 foram terminativas e 81.959, interlocutórias ou despachos. A maior parte das decisões terminativas foram monocráticas (202.071), enquanto as restantes foram tomadas em colegiado (51.992).

Entre as classes processuais, as que mais apresentaram decisões foram os agravos em recurso especial (99.656), os habeas corpus (71.945) e os recursos especiais (44.679).

Segundo os dados de produtividade atualizados nesta terça-feira (8), o tribunal já realizou cerca de 107 sessões virtuais para o julgamento de recursos internos (agravos regimentais, agravos internos e embargos de declaração). Com informações da assessoria de imprensa do STJ.

Topo da página

Revista Consultor Jurídico, 8 de setembro de 2020, 21h49

Comentários de leitores

1 comentário

Esforço sobrenatural

Eduardo Dorfmann Aranovich (Advogado Sócio de Escritório - Empresarial)

Efetuando os cálculos, nos 120 dias úteis do período mencionado no artigo, cada um dos 33 Magistrados, julgou 84,84848485 por dia!
Humanamente impossível!

Comentários encerrados em 16/09/2020.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.