Consultor Jurídico

Notícias

Dados do Judiciário

STJ ultrapassa 80 mil decisões no período de atividades remotas durante epidemia

Desde a segunda quinzena de março, quando teve início o sistema de trabalho remoto como medida de combate ao novo coronavírus, o Superior Tribunal de Justiça já proferiu 83.133 decisões e fez 26 sessões virtuais de julgamento. 

STJSTJ ultrapassa 80 mil decisões no período de atividades remotas na epidemia

A prestação jurisdicional será ampliada com o início das sessões de julgamento por meio de videoconferência, aprovadas pelo Pleno do STJ. Nesta terça-feira (28/4), já haverá uma sessão extraordinária da 3ª Turma. As ordinárias estão previstas para começar em 5 de maio, com julgamentos das seis turmas.

As sessões por videoconferência serão semelhantes aos encontros presenciais dos colegiados, com possibilidade de participação dos advogados em sustentações orais e questões sobre matéria de fato. A Corte Especial volta a se reunir no dia 6/5. As três seções do STJ têm julgamentos colegiados previstos para 13 de maio.

De acordo com a Resolução STJ/GP 9/2020, os prazos processuais, suspensos desde a publicação da Resolução STJ/GP 5/2020, voltam a correr em 4 de maio.

Decisões
Das mais de 83 mil decisões proferidas pelo STJ entre 16 de março e 24 de abril, 67.252 foram terminativas. As demais foram decisões interlocutórias ou despachos no curso dos processos.

Entre as classes processuais, as que mais tiveram decisões foram os agravos em recurso especial (29.589), os habeas corpus (16.400) e os recursos especiais (12.452).

No caso das decisões terminativas, a maior parte foi proferida de forma monocrática (58.753), enquanto as restantes foram tomadas em sessões virtuais (8.499). Com informações da assessoria de imprensa do STJ.

Revista Consultor Jurídico, 28 de abril de 2020, 14h46

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 06/05/2020.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.