Consultor Jurídico

Notícias

Educação prática

Escola da OAB-RJ cresce e se firma como centro de treinamento de advogados

Por 

A Escola Superior de Advocacia (ESA) da seccional fluminense da Ordem dos Advogados do Brasil multiplicou por 20 o número de alunos em quatro anos e vem se consolidando como um centro de treinamento de jovens profissionais e experientes que desejam voltar ao mercado de trabalho.

No ano de 2015, a ESA emitiu pouco mais de 500 certificados de conclusão de curso. No primeiro semestre de 2019, foram mais de 5 mil. A expectativa é ultrapassar a barreira dos 10 mil até o fim de dezembro.

Diretor-geral da ESA desde 2016, Sergio Coelho afirma que passou a tratar a escola como uma entidade à parte da OAB-RJ. “Quando assumi a ESA, ela basicamente administrava os cursos das comissões da Ordem. Eu rompi as relações com as comissões e nomeei coordenadores para todas as áreas”, aponta. Hoje, há 20 coordenadores. Cada um é responsável por planejar os cursos de sua área – Direito Civil, Direito do Trabalho, Direito Penal, entre outras.

Os cursos oferecidos pela ESA são focados na prática jurídica. O objetivo é qualificar o advogado para o dia a dia da profissão. Assim, as aulas ensinam, por exemplo, como redigir petições iniciais e recursos, como agir no tribunal do júri e como fazer sustentações orais. “Quanto mais especializado e voltado para a prática, mais procura tem o curso”, declara Coelho.

Os alvos principais da escola são os recém-formados em Direito e profissionais mais velhos que estavam afastados da advocacia, mas decidiram retornar à carreira. Por isso, os preços são acessíveis – R$ 25 por aula.

Quem obtém a carteira da OAB-RJ ganha um cupom de R$ 100 para usar em cursos da ESA. A ação é estratégica: Segundo Sergio Coelho, mais de 80% dos alunos da escola retornam para fazer outros cursos.

Além de melhorar a atuação do advogado, a qualificação faz com que suas prerrogativas profissionais sejam mais respeitadas, diz Coelho, citando a tese do presidente da OAB-RJ, Luciano Bandeira.

Novas fronteiras
No primeiro semestre de 2020, a ESA passará a oferecer cursos à distância. No início, haverá programas de prática penal, cível e trabalhista, cada um com 12 aulas. A ideia é aumentar a oferta de cursos pela internet com o tempo.

Em parceria com a Universidade Cândido Mendes, a ESA também irá lançar programas de pós-graduação lato senso de Direito Penal, Direito do Trabalho e Direito Civil. Serão cursos igualmente voltados para a prática profissional.

Para tratar de assuntos mais teóricos e profundos, a ESA promove eventos. Há também fóruns fixos de discussão de assuntos de determinadas áreas. Toda quarta-feira tem uma palestra de processo civil, por exemplo. Já sexta-feira é dia de seminário sobre Direito Penal.

Nova sede
Em julho, a ESA inaugurou uma nova sede de quatro andares no prédio histórico da OAB, no centro do Rio. 

O espaço tem 16 salas de aula – quatro vezes mais que no antigo endereço –, um auditório com capacidade para 100 lugares e salas flexíveis que permitem a simulação de tribunais de arbitragem e júri, além de aulas de sustentação oral. O estabelecimento também tem um estúdio de filmagem para cursos de ensino a distância.

A nova sede está localizada na avenida Marechal Câmara, 210, no centro do Rio. O espaço também terá sala de estudos e área de convivência, com lanchonete. 

 é correspondente da revista Consultor Jurídico no Rio de Janeiro.

Revista Consultor Jurídico, 2 de novembro de 2019, 15h02

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 10/11/2019.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.