Consultor Jurídico

deputado antidemocrático

Alexandre prorroga investigação contra Daniel Silveira por mais 60 dias

O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal, prorrogou por mais 60 dias a investigação contra o deputado federal Daniel Silveira (PSL-RJ), preso por ameaçar magistrados da corte e pregar a violência contra autoridades em um vídeo divulgado nas redes sociais.

Deputado Daniel Silveira atacou autoridades em vídeo nas redes sociaisCâmara dos Deputados

A decisão atende pedido da Polícia Federal. O órgão apontava indícios de que ainda não foi obtido o acesso ao conteúdo integral dos telefones apreendidos do parlamentar.

A PF também reiterou as solicitações enviadas à Apple e ao Facebook para disponibilização de novos links de extração dos dados, que permitiriam uma análise conclusiva. Assim, o relator constatou a pertinência e necessidade da medida e prorrogou as ações.

A denúncia da Procuradoria-Geral da República contra Silveira foi recebida pelo Plenário do STF no fim do último mês. Ele é acusado de coação no curso do processo, incitação à animosidade entre as Forças Armadas e o Supremo e incitação à violência para impedir o livre exercício dos poderes da União. Com informações da assessoria do STF.

Pet. 9.456




Topo da página

Revista Consultor Jurídico, 31 de maio de 2021, 21h24

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 08/06/2021.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.