Consultor Jurídico

Notícias

Credor bilionário

BNDES vai à Justiça para que Odebrecht mude plano de recuperação

Por 

O BNDES informou nesta sexta-feira (4/10) que entrou na Justiça para tentar forçar a Odebrecht a mudar seu plano de recuperação judicial. O banco entende que a proposta da construtora não tem potencial para gerar o pagamento dos créditos. A empresa deve mais de R$ 8 bilhões à instituição pública de fomento. 

BNDES tem R$ 8 bilhões na Odebrecht 

“O BNDES apresentou ontem (4 de outubro) sua objeção ao plano de recuperação judicial da Odebrecht. O BNDES considerou que a proposta não demonstra capacidade de recuperação da empresa”, disse o banco por meio de nota neste sábado (5/10). 

A Caixa Econômica Federal, um dos maiores credores, pediu a falência da construtora, por não acreditar que o plano aprovado irá funcionar.

Aprovação da Justiça 
A Justiça de São Paulo aceitou em junho o pedido de recuperação judicial do Grupo Odebrecht. O total de dívidas chega a R$ 98,5 bilhões. Trata-se do maior plano de recuperação judicial da história do Brasil. 

O grupo Odebrecht, que chegou a ter mais de 180 mil empregados há cinco anos, hoje conta com menos de 50 mil. A empresa atribui esse resultado à “crise econômica que frustrou muitos dos planos de investimentos feitos pela ODB, ao impacto reputacional pelos erros cometidos e à dificuldade pela qual empresas que colaboram com a Justiça passam para voltar a receber novos créditos e a ter seus serviços contratados”. 

 é repórter da revista Consultor Jurídico.

Revista Consultor Jurídico, 5 de outubro de 2019, 16h50

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 13/10/2019.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.