Consultor Jurídico

Notícias

Candidatos ácidos

MP-MG apresenta denúncia contra ministro do Turismo por candidaturas laranjas

Por 

O Ministério Público de Minas Gerais apresentou denúncia contra o ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio (PSL), pelos crimes de falsidade ideológica, associação criminosa e apropriação indébita.

Ministro é acusado de organizar esquema fraudulento para acessar fundos eleitorais Wikipédia 

Álvaro Antônio é acusado de ser um dos organizadores de um esquema de candidaturas laranjas nas eleições do ano passado. A Polícia Federal afirma que o PSL usou candidatas mulheres apenas de fachada para acessar recursos do fundo eleitoral. 

O presidente Jair Bolsonaro já disse por meio de sua equipe de comunicação que irá aguardar o desenrolar do processo e que, por enquanto, Marcelo continua como ministro do Turismo. 

Caso
O Ministério Público em Minas abriu investigação em fevereiro sobre o esquema de candidatas laranjas.

Segundo o órgão, Álvaro Antônio, que foi eleito deputado federal, teria patrocinado um esquema de quatro candidaturas de laranjas, todas abastecidas com verba pública do PSL.

Na época dos fatos, Álvaro Antônio era presidente do PSL em Minas e decidia quais candidaturas seriam lançadas. As quatro candidatas receberam R$ 279 mil da verba pública de campanha da legenda, ficando entre as 20 que mais receberam dinheiro do partido no país inteiro.

 é repórter da revista Consultor Jurídico.

Revista Consultor Jurídico, 4 de outubro de 2019, 16h16

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 12/10/2019.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.