Consultor Jurídico

Notícias

atribuído a propinas

Juiz determina bloqueio de R$ 78 milhões em bens de Lula

Por 

O juiz federal Luiz Antonio Bonat, da 13ª Vara Federal de Curitiba, ordenou o bloqueio de R$ 77,9 milhões em bens do ex-presidente Lula. A decisão é do dia 18 de junho. 

Bonat determina bloqueio de R$ 78 milhões em bens de Lula
Ricardo Stuckert - Divulgação

Na decisão, Bonat afirma que o valor estimado tem como base "o montante atribuído à propinas pagas por empreiteiras em oito contratos da Petrobras, que estariam relacionados ao processo". O ex-presidente não é acusado de receber dinheiro desses contratos. 

O magistrado atende a um pedido do Ministério Público Federal no caso em que o petista responde pela acusação de ter recebido propina de cerca de R$ 12 milhões da Odebrecht por meio da compra de dois imóveis. 

"O MPF estima o valor do perdimento em R$ 75.434.399,44, correspondente ao valor total da porcentagem da propina supostamente oferecida pela Odebrecht", diz. 

Clique aqui para ler a decisão. 
5020607- 19.2018.4.04.7000/PR

 é correspondente da revista Consultor Jurídico em Brasília.

Revista Consultor Jurídico, 27 de junho de 2019, 0h02

Comentários de leitores

10 comentários

A burrice é a característica dos fanáticos

João Corrêa (Advogado Autônomo - Administrativa)

O burro lê "determina bloqueio de R$ 78 milhões" e logo supõe que tal seja o valor que o acusado tem em patrimônio.
Santa burrice!

Marcos Alves Pintar (Advogado Autônomo - Previdenciária)

Eududu (Advogado Autônomo)

Recorra à calculadora. Vamos lá, vou chutar alto (muito alto) colocando R$ 40.000 como o salário do presidente (atualmente não chega a isso e no mandato do Lula era muito menos) e não vamos descontar imposto, nada. Considerando o 13º, temos R$ 40.000 x 13= R$ 520.000 por ano. Multiplicando o valor anual pelos anos de mandato temos R$ 520.000 x 8= R$ 4.160.000.

Tudo isso se a alma mais honesta do mundo não gastasse um tostão sequer dos vencimentos (brutos) de presidente. Ou seja, além de Lula não gastar nem um centavo do dinheiro que recebeu como presidente, ainda conseguiu dobrar o montante! Isso considerando o patrimônio “declarado” e superestimando em muito os vencimentos de presidente.

Portanto, não é ódio meu. É matemática! E é senhor que está cego por uma estranha compaixão, sei lá. Só falta o senhor dizer que Lula não precisava gastar dinheiro porque contava com os milhões que dona Marisa auferiu vendendo Avon.

Onde tudo acontece

José R (Advogado Autônomo)

É como no Congresso Nacional: “se você acha que a atual legislatura deixa muito a desejar, espere para ver a próxima, será muito pior...” Assim também se passa na República da Curitiba, onde tudo, literalmente tudo, pode acontecer e mesmo piorar aquilo que não se vê como tornar pior...
Vade retro! E leve sua turma...

Ver todos comentários

Comentários encerrados em 05/07/2019.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.