Consultor Jurídico

Notícias

Proteção da Sociedade

Quero garantir que a ''lava jato'' vai continuar, defende Luiz Fux

Por 

"Quero garantir que a 'lava jato' vai continuar. E essa palavra não é de um brasileiro, é de alguém que assume a presidência do Supremo Tribunal Federal no ano que vem, podem me cobrar." A declaração é do ministro Luiz Fux, do Supremo Tribunal Federal, em evento da Expert XP 2019 na sexta-feira (5/7).

Nelson Jr./SCO/STFQuero garantir que a ''lava jato'' vai continuar, defende Luiz Fux.

Na ocasião, Fux defendeu a pauta do governo. Segundo ele, a reforma trabalhista, por exemplo, tem como objetivo proteger os trabalhadores. "Admitir a terceirização é bom. Nenhuma empresa sobrevive com folha de pagamento de 70 mil funcionários de uma call center, por exemplo", diz.

Fux também cita a reforma tributária, em tramitação no Congresso Nacional. Para ele, o cidadão não é sujeito de obrigações. "Temos o estatuto do contribuinte. é preciso ter a visão que tributos não podem derrotar empresas e precisamos unificar tributos e, acima de tudo, precisamos ter precaução sobre a surpresa fiscal", explica.

Segundo Fux, no Brasil, são votadas quatro leis tributárias por dia. "Nós, juízes, temos que saber direito por dever de ofício e todo dia mudam as leis. Precisamos obter reformas, principalmente trabalhista, tributária e fiscal", afirma. 

Para Fux, isso é um problema intergeracional. "As pessoas devem ter amor ao Brasil, amor à coisa pública e não fazer oposição que seja prejudicial ao país", diz. 

 é correspondente da revista Consultor Jurídico em Brasília.

Revista Consultor Jurídico, 8 de julho de 2019, 16h45

Comentários de leitores

7 comentários

Tiago 4:13-15

Advogado (Advogado Autônomo - Previdenciária)

É a passagem bíblica que me vem à mente toda vez que vejo alguém "garantindo" algo futuro. É impressionante: a história passa, mas o ser humano continua se achando no controle das coisas. Que Deus permita que os planos do Ministro Fux se convertam em realidade, mas sempre é bom lembrarmos o quanto somos iludidos com a nossa percepção de que estamos no controle da vida.

Ouçam agora, vocês que dizem: "Hoje ou amanhã iremos para esta ou aquela cidade, passaremos um ano ali, faremos negócios e ganharemos dinheiro".
Vocês nem sabem o que lhes acontecerá amanhã! Que é a sua vida? Vocês são como a neblina que aparece por um pouco de tempo e depois se dissipa.
Ao invés disso, deveriam dizer: "Se o Senhor quiser, viveremos e faremos isto ou aquilo".

Tiago 4:13-15

Grafia

José R (Advogado Autônomo)

Sun tzu

A arte da guerra - sun tsu

José R (Advogado Autônomo)

A obra da epígrafe narra estóica passagem em que o general chinês, comandante supremo do invencível exército, se deu conta de que ele próprio vulnerara o draconiano - e algo demagógico - código de conduta que escrevera para a observância das tropas. Era um homem de honra e, por isso, teve a dignidade de condenar-se à morte... Julgamento in causam suam! Coisas do Levante...

Ver todos comentários

Comentários encerrados em 16/07/2019.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.