Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

História viva

Justiça veta documentário sobre revoltas em Londres

Por 

A BBC foi impedida de transmitir, na noite desta segunda-feira (16/7), a primeira parte de um documentário sobre a onda de revoltas que tomou conta das ruas de Londres no ano passado. Em um comunicado, a emissora apenas informou que a primeira parte do programa não seria exibida por ordem da Justiça britânica, mas que seria marcada uma nova data para a transmissão.

O motivo da proibição não foi revelado. A segunda parte continua programada para ir ao ar nesta quarta-feira (18/7). O documentário foi produzido a partir de centenas de entrevistas com pessoas que participaram dos protestos e com policiais convocados para conter a população.

As revoltas em Londres começaram no início de agosto, depois que a Polícia perseguiu e matou o jovem Mark Duggan. O episódio ainda está sendo investigado.

De uma manifestação pacífica, logo os protestos se transformaram em saques e violência generalizada em Londres e algumas outras cidades inglesas. Prédios foram queimados, lojas destruídas e pessoas agredidas por quase uma semana. Pouco tempo depois, os acusados começaram a ser julgados com pulso firme pelos tribunais ingleses.

 é correspondente da revista Consultor Jurídico na Europa.

Revista Consultor Jurídico, 17 de julho de 2012, 11h30

Comentários de leitores

1 comentário

Censura à imprensa

Contrariado (Auditor Fiscal)

Ué?!? então na Inglaterra tem censura à imprensa? E por aqui, onde estão os críticos da tão necessária "Lei de medios" tupiniquim? Apareçam.

Comentários encerrados em 25/07/2012.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.