Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Santos apóstolos

Justiça decreta prisão dos fundadores da igreja Renascer

Por 

A 1ª Vara Criminal de São Paulo decretou, nesta quarta-feira (10/1), a prisão dos fundadores da Igreja Renascer em Cristo, Estevam e Sônia Hernandes. O casal responde processo por lavagem de dinheiro, falsidade ideológica e estelionato. Com a decisão, o casal poderá ser preso nos EUA, onde se encontra atualmente. Já está sendo preparado um pedido de extradição. O caso corre em segredo de Justiça.

O pedido de prisão foi feito pelos promotores do Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado (Gaeco) porque nesta terça-feira (9/1), o casal tentou entrar nos EUA com US$ 56 mil não declarados. Por conta disso, o casal chegou a ser detido ao desembarcar em Miami e está proibido de sair do país.

Ao chegar à Flórida, o casal declarou na alfândega que levava US$ 10 mil, limite permitido pela lei americana — mas foi descoberto ao ser chamado para abrir as malas que na verdade transportavam US$ 56 mil. Durante revista na bagagem, os policiais encontraram notas espalhadas por bolsos, fundos falsos e US$ 9 mil escondidos dentro de uma Bíblia.

Em interrogatório feito ainda no aeroporto, Estevam Hernandes assumiu a culpa, por tentar entrar no país com US$ 56 mil em dinheiro vivo e disse que sua mulher não sabia do conteúdo das malas. Ele chegou a ser detido, por falsificação de documento público, mas foi liberado após pagamento da fiança. Sônia Hernandes foi liberada horas depois de ser ouvida.

Repercussão

A prisão de Estevam e Sônia Hernandes fora do país complicou a situação do casal na Justiça brasileira. Promotores do Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado (Gaeco) usaram ofício encaminhado pela polícia americana ao Ministério Público de São Paulo para pedir, mais uma vez, a prisão preventiva do casal ao juiz titular da 1ª Vara Criminal de São Paulo, Paulo Antônio Rossi.

O argumento foi de que a prisão seria necessária porque mesmo estando com bens e contas bancárias bloqueados desde setembro do ano passado, por decisão do juiz da 1ª Vara Criminal, o casal continua praticando crimes de lavagem de dinheiro e evasão de divisas e pode fugir do país.

O decreto de prisão acontece dias depois de o Superior Tribunal de Justiça conceder liminar em Habeas Corpus ao casal para garantir o direito de responder ao processo em liberdade.

 é repórter da revista Consultor Jurídico

Revista Consultor Jurídico, 10 de janeiro de 2007, 17h41

Comentários de leitores

65 comentários

Cara Cissa: Você viu na página A21 do Esta...

Richard Smith (Consultor)

Cara Cissa: Você viu na página A21 do Estado deste domingo (ontem) a história da mãe do piloto de helicóptero do "apóstolo" que faleceu no dia de Natal de 2.005 em acidente no haras/fazenda por ter sido obrigado a voar à noite, sem instalações adequadas em terra. A senhora, que vai dar andamento ao processo contra a Renascer (a "igreja" já havia feito um acordo extra-judicial com ela, para pagamento em 10 parcelas, mas o primeiro cheque dado, VOLTOU POR FALTA DE FUNDOS!!!), conta entre outras coisas, que o filho era registrado em uma "igreja" fantasma (a "Internacional Renovação Evangélica") que era obrigado a voar horas excedentes ao permitido, que não depositavam o FGTS, que fez pelo menos três vôos, com quantias de R$ 500, R$ 700 e R$ 800 mil, EM DINHEIRO, para a quitação da compra de cavalos mangalarga e que certa vez decolou de São Paulo para Atibaia apenas para transportar uma caixa com 12 garrafinhas de água mineral francesa Perrier para Fernanda, filha do "apóstolo". Aposto que eles vão dizer que isso tudo é invenção. Que a senhora enlutada foi possuida pelo demônio para assacar injúrias e calúnias (com dia e hora anotados e testemunhas) contra a "santa obra de Deus"? Mas e os dólares na Bíblia (veja fotografia batida pelo FBI, em Miami) que foram declarados (mentirosamente!) a menor? E de onde o dinheiro, se os bens do casal Ernandes estão congelados pela Justiça? Por essas e por bastantes (116 ações judiciais de execução em andamento, além de mais de 30 condenações já sofridas) outras razões, creio que todos os renasceristas estão gastando amizade e fidelidade com pessoas que não as merecem. E que quanto mais demorar para eles, com sinceridade, enxergarem isso, pior vai ser o choque do despertar! Um abraço.

A discussão era sobre a quem pertenceria “tanto...

Cissa (Bacharel - Administrativa)

A discussão era sobre a quem pertenceria “tanto” dinheiro. De onde saiu esse dinheiro e, uma vez que, não foi por trabalho e sim, doações, esse dinheiro deveria estar aqui, ser convertido àqueles que ofertaram, crentes que seriam revertidos para a tal “obra”, sendo que a “tal obra”, não é a obra da mansão dos acusados. Cavalos de raça não interessam a quem tem fome, àqueles quem sentem desespero. Trata-se de má fé.

Meu querido Amigo A G Moreira: Sois vós ou t...

Richard Smith (Consultor)

Meu querido Amigo A G Moreira: Sois vós ou te clonaram? Espere aí, se netos hão, então eles pertencem, enquanto filhos, a pessoas casadas, emancipadas. Se todo o dinheiro estava nas mãos dochefe da família (7 pessoas) aonde estão aos outras declarações individuais ou não que montem, ao final em US$ 56.500,00? Se existiu apenas UMA declaração e no valor limite de US$ 10.000,00, NADA constando de todas as outras seis, de preenchimento individual obrigatório, é claro que o crime federal restou configurado e a intenção de ocultamento ídem. Olhe, me alinho com a opinião de um amigo meu que considera os americanos, "portugueses-sem-bigode" (portugueses de anedota, é claro. Nada contra nossos irmãos mais velhos, lusos), mas devagar, não acho que seriam tão idiotas e incoerentes assim. Acho pois, meu amigão, que você gastou uma desculpa à toa. Um super abraço.

Ver todos comentários

Comentários encerrados em 18/01/2007.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.