Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Presidente na fita

Michel Temer vai ao Supremo pedir acesso à delação de donos da JBS

Por 

O presidente Michel Temer pediu ao Supremo Tribunal Federal acesso ao conteúdo da delação dos donos da JBS. A petição foi protocolada nesta quinta-feira (18/5) no tribunal. O relator da “lava jato”, Edson Fachin, não liberou ainda acesso do material ao presidente.

Temer é acusado de incentivar o pagamento de R$ 500 mil para que Eduardo Cunha  não fizesse acordo de delação.
Anderson Riedel

Fachin autorizou nesta quinta a abertura de inquérito contra Temer. Ele é acusado, em delação premiada homologada pelo ministro, de incentivar o pagamento de R$ 500 mil ao ex-deputado federal Eduardo Cunha (PMDB-RJ) para que não fizesse acordo de delação. A Procuradoria-Geral da República investigará crime de corrupção passiva e obstrução a investigações.

As informações foram prestadas à PGR pelo empresário Joesley Batista, dono do frigorífico JBS, que apresentou gravações da fala do presidente. As gravações, segundo a PGR, aconteceram no dia 7 de março — depois, portanto, que Temer assumiu o mandato de presidente como titular, após o impeachment da presidente Dilma Rousseff. Já existem ao menos dois pedidos de impedimento contra Temer protocolados no Congresso. 

 é repórter da revista Consultor Jurídico.

Revista Consultor Jurídico, 18 de maio de 2017, 16h24

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 26/05/2017.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.