Consultor Jurídico

Notícias

Boas práticas

"Nunca se fez tão necessária barricada em defesa da liberdade", diz Ayres Britto

Por 

Lançado nesta terça-feira em evento realizado na sede do Superior Tribunal de Justiça, o 17º Prêmio Innovare traz como destaque a premiação de práticas que melhor representem os esforços para a defesa da liberdade. Presidente do Conselho Superior do Instituto Innovare, o ministro Carlos Ayres Britto exaltou o tema, que definiu como quase que “estratégico”.

“Nunca se fez tão necessária uma barricada intelectual, cívica, científica e prática pela liberdade”, afirmou o ministro, após o evento. “A liberdade tem muitos inimigos, mas seu maior amigo é a Constituição Federal”, disse, citando as 19 menções ao tema feitas no texto constitucional.

O Prêmio Innovare premiará os esforços pela defesa da liberdade na categoria prática Destaque. Nas demais, o tema para inscrição de boas práticas é livre: Tribunal, Juiz, Ministério Público, Defensoria Pública, Advocacia, Justiça e Cidania; e CNJ/Gestão Judiciária — esta, uma novidade, com candidatos escolhidos pelo próprio CNJ para definição do vencedor.

Em discurso, o ministro Ayres Britto exaltou também o artigo 218 da Constituição, que determina que o Estado promoverá e incentivará o desenvolvimento científico, a pesquisa, a capacitação científica e tecnológica e a inovação. “Disposição para sair do carimbo, da burocracia é uma preocupação constitucional”, apontou.

Presidente do STJ e membro da comissão julgadora do Prêmio Innovare, o ministro João Otávio de Noronha destacou o tema liberdade como “instigante”. Presente ao evento, o presidente do Superior Tribunal de Justiça, ministro Dias Toffoli, também exaltou a positivação gerada pelas iniciativas premiadas.

As inscrições para o 17º Prêmio Innovare foram iniciadas nesta terça-feira e duram até 5 de maio. Os vencedores serão anunciados em cerimônia no Supremo Tribunal Federal, em dezembro.

 é correspondente da revista Consultor Jurídico em Brasília.

Revista Consultor Jurídico, 3 de março de 2020, 14h25

Comentários de leitores

3 comentários

Barricada da birra e de bater o pezinho

Oficial da PMESP (Oficial da Polícia Militar)

Resistência de conveniência. Quando o assunto é a corrupção dos amiguinhos da esquerda, a ditadura dos governos marxistas falidos, a “barricada” é relativizada. Enquanto o país tenta sair do buraco em que o ex-presidente que o indicou ao STF nos enfiou, o ex-ministro vive entrincheirado, fazendo resistência ao fascismo imaginário. Patético!

Responder

"Nunca se fez tão necessária barricada em defesa da liberdad

Gilberto Ewald Lenhardt (Advogado Autônomo - Consumidor)

Vê-se, cristalinamente, que o Sr. Ayres Brito continua demonstrando o seu lado esquerdista em seus irônicos comentários.
Por que não continua "curtindo" a sua aposentadoria?

Responder

Há fato?

Villela (Advogado Sócio de Escritório - Tributária)

Uma pergunta: há algum fato contemporâneo que o Ayres Britto tenha imaginado para se criar "barricada" pela liberdade?
Ou é genérico, falando do mundo como um todo?

Responder

Comentários encerrados em 11/03/2020.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.