Consultor Jurídico

Isonomia no Carf

Conselheiros de contribuintes pedem equiparação remuneratória

Por 

Conselheiros de contribuintes no Carf se reuniram com membros do Ministério da Economia para pedir aumento na remuneração. Atualmente, recebem R$ 13,6 mil. Eles defenderam que a gratificação ideal seria de R$ 27,3 mil, como forma de equiparar com outros servidores.

Conselheiros dos contribuintes defendem que gratificação ideal é de R$ 27,3 mil

A reunião aconteceu na última sexta-feira (6/2) e foi organizada pela Associação dos Conselheiros dos Representantes dos Contribuintes no Carf (Aconcarf).

De acordo com o presidente da entidade, Wesley Rocha, a reunião foi "profícua e exaustiva". Ele contou à ConJur que "todos os presentes concordaram que nossa remuneração está muito abaixo da responsabilidade e trabalhos" que os conselheiros entregam.  

Na reunião, ele levou uma apresentação que mostra a produção, taxa de saída de conselheiros e o quadro comparativo da remuneração no Conselho Administrativo de Recursos Fiscais com a dos Conselheiros Fazendários e Contribuintes. A Aconcarf defende que haja equiparação salarial aos que desempenham funções idênticas.

Por questões orçamentárias, ficou combinado que haverá outra reunião ainda neste mês para diagnosticar os valores da remuneração e definir um prazo para implementação, segundo Rocha.  

Dentre os presentes estavam: a presidente do Carf, Adriana Gomes Rêgo; Laércio Cruz Uliana Júnior e Letícia Domingues Costa Braga, vice-presidentes; o secretário executivo, Marcelo Guaranys; o deputado federal Luís Miranda (DEM-DF); e o secretário da Receita Federal, José Barroso Tostes Neto.

Topo da página

 é correspondente da revista Consultor Jurídico em Brasília.

Revista Consultor Jurídico, 11 de fevereiro de 2020, 18h13

Comentários de leitores

1 comentário

Reunião profícua e exaustiva

O IDEÓLOGO (Cartorário)

Mas, é evidente que a reunião foi profícua.
Aumento de salário é bom para todos, principalmente para alguns privilegiados que trabalham no CARF, que deveria ser extinto.

Comentários encerrados em 19/02/2020.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.