Consultor Jurídico

Notícias

Briga de ex-colegas

Doria acusa Kajuru de cometer 27 crimes contra a honra do governador tucano

Por 

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), entrou com uma queixa-crime contra Jorge Kajuru (PRB-GO), acusando o senador de ter cometido 27 crimes de  calúnia, difamação e injúria. Na petição, o tucano demonstra estar realmente desconfortável com a verve do ex-jornalista esportivo. 

O senador Jorge Kajuru acusou João Doria de ter nomeado uma amante para o cargoReprodução 

Em suas redes sociais, Kajuru chamou o tucano de “sujo”, “mentiroso”, “picareta social”, “falso”, “gângster anti Brasil” “malandro”, “lixo não reciclável”, “bandido”, “canalha”, “ingrato” e “vigarista”.

Além disso, acusou o ex-colega de TV de comandar uma “quadrilha dos Detrans” e de que teria nomeado uma amante em cargo especial. Além disso, disse que no tempo em que comandava o programa Show Business, cobrava bastante caro dos entrevistados. 

Para a defesa de Doria, feita pelo advogado Fernando José da Costa, Kajuru tem clara intenção de ofender e proferiu uma série de calúnias que ultrapassam seu direito de liberdade de expressão. 

O advogado ainda ressalta que Kajuru não deve ser protegido pela imunidade parlamentar, pois as ofensas não tem ligação com o desempenho da função legislativa e não foram proferidas em razão dela. 

"Diante desse panorama, é inegável que tais alegações atacam frontalmente a honra, bom nome e imagem que João Doria Júnior arduamente construiu ao longo de sua trajetória. Os crimes de calúnia, difamação e injúria perpetrados em seu desfavor se encontram perfeitamente configurados, sendo a adequação típica inegável", afirma a defesa de Doria no pedido. 

Clique aqui para ler a petição

 é repórter da revista Consultor Jurídico.

Revista Consultor Jurídico, 24 de setembro de 2019, 20h25

Comentários de leitores

1 comentário

Maluco beleza

Zé Machado (Advogado Autônomo - Trabalhista)

Esse maluquinho não tem limites; o engomadinho tem.

Comentários encerrados em 02/10/2019.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.