Consultor Jurídico

Notícias

CPI da Petrobras

MPF-PR denuncia petista Marco Maia, ex-presidente da Câmara dos Deputados

O Ministério Público Federal do Paraná denunciou o ex-deputado federal Marco Maia (PT-RS) e outras quatro pessoas por suposto envolvimento em esquema corrupção durante os trabalhos da CPI da Petrobras, em 2014.

O ex-presidente da Câmara Marco Maia
Reprodução

De acordo com a denúncia, que teve seu sigilo levantado nesta quarta-feira (30/10), o petista, que exerceu a função de relator da comissão mista instaurada no Congresso para apurar atos ilícitos na Petrobras, teria feito articulações para evitar algumas convocações.

Segundo os procuradores do consórcio formado a partir da 13ª Vara Federal de Curitiba, o empresário Luiz Gerber, ex-assessor do parlamentar, intermediaria propinas para evitar a convocação de alguns executivos, que deram tais informações após acordos de delação premiada.

Atualmente sem mandato, Marco Maia foi presidente da Câmara dos Deputados entre dezembro de 2010 e fevereiro de 2013.

Clique aqui e leia a denúncia
Ação penal nº 5053060-33.2019.4.04.7000

Revista Consultor Jurídico, 30 de outubro de 2019, 15h05

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 07/11/2019.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.