Consultor Jurídico

Notícias

Autonomia universitária

PT apresenta requerimento para barrar MP que interfere nas universidades

Por 

Partido questiona MP que regulamenta escolha dos dirigentes das universidades e institutos federais em todo o país
Reprodução

Deputados e senadores do PT apresentaram nesta segunda-feira (30/12) requerimentos para barrar a Medida Provisória 914/2019 que pretende regulamentar as eleições para dirigentes das universidades e institutos federais — além do colégio Pedro II, no Rio de Janeiro, que é vínculado à administração federal.

O documento foi enviado ao presidente do Senado, David Alcolumbre (DEM-AP), que vai avaliar o pedido. No texto, os petistas alegam que não existe qualquer elemento na MP que justifique a urgência da matéria. O documento também aponta que a proposição fere a autonomia universitária, que é assegurada pelo artigo 207 da Constituição Federal de 1988.

Conforme os autores do pedido, “ao impor normatização referente à escolha dos dirigentes das universidades federais, seus campi e unidades acadêmicas”, o governo dilacera “tradições democráticas construídas no seio de cada comunidade universitária”.

O requerimento é assinado pelos senadores Humberto Costa (PT-PE), líder da bancada, Jaques Wagner (PT-PA) e Paulo Rocha (PT-PA). Na Câmara, o documento conta com as assinaturas dos deputados Paulo Pimenta (PT-RS), líder da bancada, Ênio Verri (PT-PR), Alexandre Padilha (PT-SP), Airton Faleiro (PT-PA), Carlos Zarattini (PT-SP), Padre João (PT-MG), Margarida Salomão (PT-MG) e Waldenor Pereira (PT-BA).

Clique aqui para ler o documento

 é repórter da revista Consultor Jurídico.

Revista Consultor Jurídico, 31 de dezembro de 2019, 9h36

Comentários de leitores

2 comentários

Não existe pluralismo político nas universidades

Vercingetórix (Advogado Autônomo - Civil)

Há hoje nas universidades brasileiras um monopólio marxista de todo e qualquer debate acadêmico.

A crítica aos "standarts" marxistas está peremptoriamente proibida e quem ouse afrontar esse dogma é massacrado.

O PT bem sabe disso e vai lutar com todas as forças pela manutenção deste status quo.

Isto prova que PT usa universidades

daniel (Outros - Administrativa)

O maior absurdo é a possibilidade de o Conselho mudar a lista triplice votada pelos eleitores

Comentários encerrados em 08/01/2020.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.