Consultor Jurídico

Notícias

15 procuradores

PGR determina prorrogação de força-tarefa da "lava jato" no PR por mais um ano

A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, prorrogou por mais um ano a atuação da força-tarefa da "lava jato" no Paraná. A portaria que oficializa a medida será publicada nesta terça-feira (13/8), e deve ser posteriormente submetida ao Conselho Superior do Ministério Público Federal (CSMPF).

Esta será a quinta prorrogação da FT, desde sua criação, em 2014. Nesse período, além das renovações, houve ampliação progressiva do quadro de pessoal, incluindo procuradores e servidores. Também foi crescente a destinação de recursos para diárias e passagens. Em 2019, por exemplo, já foram gastos R$ 808 mil com essa despesa.

Instituída em abril de 2014, a partir da instalação dos primeiros procedimentos investigativos envolvendo a Petrobras, a força-tarefa da "lava jato" teve em sua primeira formação dez procuradores. A ampliação do quadro ocorreu de forma progressiva e chegou a 15 membros, este ano. Nos últimos 24 meses, foram designados mais três procuradores para a FT no Paraná.

Embora o aumento no número de procuradores esteja relacionado ao crescimento no total de casos apurados, a medida representa aumento de custos para o Ministério Público Federal por causa da necessidade de substituição dos ofícios nos quais estão lotados os integrantes da FT. Com informações da Assessoria de Imprensa do MPF

Revista Consultor Jurídico, 12 de agosto de 2019, 19h43

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 20/08/2019.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.