Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Triênio 2019-2021

Minas Gerais e Piauí elegem presidentes das seccionais da OAB

Por 

As seccionais da OAB de Minas Gerais e Piauí escolheram seus novos representantes neste sábado (24/11). Os presidentes estarão à frente das seccionais durante o triênio 2019-2021.

Alessandro RodriguesRaimundinho é eleito para o quinto mandato com diferença de 111 votos

Em Minas Gerais, foi eleito para o quinto mandato o advogado Raimundo Cândido Jr., conhecido como Raimundinho. Ele liderou a chapa "OAB mais Forte" - vitoriosa por diferença de apenas 111 votos. A chapa recebeu 18.076 votos, o que representa 35% dos votos válidos.

A disputa foi acirrada, com outros dois candidatos para o pleito: Sérgio Leonardo, que recebeu 15.466 votos (30%) e Sérgio Murilo, com 17.965 votos (34,88%). Foram registrados 660 votos brancos e 1.033 nulos.

Raimundinho é conhecido no estado por já ter presidido a OAB-MG nas gestões de 1993-1995, 1995-1997, 2004-2006 e 2007-2009. Compõem sua diretoria: Helena Delamonica (vice-presidente), Adriano Cardoso (secretário–geral), Walquíria Valadão (secretária adjunta) e Alexandre Figueiredo Urbano (tesoureiro).

Piauí
No Piauí, o advogado Celso Barros Neto foi escolhido para comandar a seccional. Atual Conselheiro Federal, sua chapa "Independência OAB" recebeu 41,9% dos votos válidos, o que corresponde a 3024 votos.

Celso disputou com outras três chapas, até que no último momento a chapa 3, liderada pela advogada Geórgia Martins, desistiu da candidatura e declarou apoio ao Celso. 

Com isso, foram registrados para Lucas Villa, que ficou em segundo lugar, 2.702 votos (37,44%), seguido de Carlos Henrique, com 1.490 votos (20,64%).

Integram a chapa vitoriosa: Alynne Almeida (vice), Nara Aragão (secretária-geral), Lucas Macedo (secretário adjunto) e Francisco Sepúlveda de Holanda (tesoureiro).

Veja aqui as datas de votação dos outros estados.

 é repórter da revista Consultor Jurídico

Revista Consultor Jurídico, 25 de novembro de 2018, 10h30

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 03/12/2018.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.