Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Eleitores informados

João Doria Jr. diz que já tinha avisado sobre suas viagens durante campanha

Por 

Em sua campanha para prefeito de São Paulo, João Doria Jr. disse que iria fomentar um intercâmbio com as grandes cidades do Brasil e do mundo. Por isso, ao passar boa parte de seu mandato como prefeito fora da capital paulista, ele está cumprindo o que prometeu. Este é o argumento da defesa do tucano, enviada ao promotor de Justiça Marcelo Camargo Milani.

Doria diz que articulação com outras cidades do Brasil e do mundo
consta de seu programa de governo. Reprodução 

Doria quer que seja arquivado um procedimento preparatório de inquérito civil aberto a pedido do diretório municipal do Partido dos Trabalhadores. A oposição alega que o prefeito tem viajado com o objetivo de fazer campanha política, que existem irregularidades quanto ás despesa a situação se enquadra como ato de improbidade administrativa.

Segundo o prefeito, todas as viagens foram feitas no cumprimento de agenda oficial de Governo ou de compromissos assumidos na condição de agente político, ou ainda, na condição de vice-presidente de relações institucionais da Frente Nacional de Prefeitos.

“No momento do registro de minha candidatura já fiz constar do programa de governo, o qual foi chancelado pela população de São Paulo, no item relações institucionais, a necessidade de articulação e o exercício da liderança nacional da Prefeitura do Município de São Paulo com empresas, entidades e organizações do País e do mundo”, afirma Doria.

Secretario Municipal de Justiça, Anderson Pomini reafirma a explicação de Doria. "O prefeito foi eleito prometendo viajar e transformar São Paulo em cidade do Brasil e do mundo, conforme consta do seu plano de governo entregue ao TRE em 2016. Está cumprindo sua promessa e o melhor, com o uso de recursos próprios."

Clique aqui para ler a petição. 

 é repórter da revista Consultor Jurídico.

Revista Consultor Jurídico, 2 de outubro de 2017, 20h30

Comentários de leitores

1 comentário

A recorrência da história

José R (Advogado Autônomo)

Avisou antes, sim!
Viva o JOÃO BERLUSCONI DORIA!

Comentários encerrados em 10/10/2017.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.