Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Fora da Petrobras

Paulo Okamotto fica aliviado com delação de Leo Pinheiro

Delação corrobora tese de ex-presidente
do Instituto Lula, Paulo Okamotto.
Reprodução

Ex-presidente do Instituto Lula, Paulo Okamotto ficou aliviado com pelo menos um trecho do depoimento do empresário Leo Pinheiro ao juiz Sergio Moro. Em audiência na última quinta-feira (20/4), o empreiteiro corroborou o parecer do Ministério Público Federal que já se pronunciou pelo trancamento da ação contra Okamotto, ao negar em diferentes momentos que o pagamento da manutenção do acervo presidencial tivesse qualquer relação com contratos da Petrobras. Pinheiro afirmou ainda que não houve qualquer pedido para que a Granero ocultasse o material investigado.

Revista Consultor Jurídico, 25 de abril de 2017, 18h29

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 03/05/2017.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.