Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Abandono de serviço

Capitão do navio Costa Concordia é condenado a 16 anos de prisão

Francesco Schettino, ex-comandante do cruzeiro italiano Costa Concordia, foi condenado nesta quarta-feira (11/2) a 16 anos de prisão no julgamento em que foi acusado de homicídio múltiplo e abandono de navio. A embarcação naufragou em janeiro de 2012, depois de se chocar com um rochedo na costa da Ilha de Giglio, na Toscana, fazendo 32 mortos. Ainda cabe recurso.

Reprodução

Schettino, de 54 anos, foi condenado pelo tribunal de Grosseto, na Itália, depois de 19 meses de julgamento e três anos depois do naufrágio. Segundo a denúncia, ele foi negligente ao conduzir o navio em direção a rochedos, com 4 mil pessoas a bordo, descumpriu uma ordem de evacuação e abandonou o cruzeiro de forma covarde e pouco profissional.

Em sua defesa, o ex-comandante disse que a culpa da colisão foi da tripulação, que o atraso na evacuação do navio pode ter salvado vidas, e frisou que caiu do barco quando ele estava virando, e não o abandonou motivado pelo medo. Schettino argumentou ainda que estava sendo o bode expiatório do acidente, e se disse vítima de uma caça às bruxas liderada pela imprensa. Com informações da Agência Brasil.

Revista Consultor Jurídico, 11 de fevereiro de 2015, 21h06

Comentários de leitores

3 comentários

daniel (Outros - Administrativa)

Observador.. (Economista)

E alguém faz questão de enxergar tal fato? Lamentavelmente vão, em umas 5 laudas, explicar porque nossas leis e chicanas são ótimas, mesmo que o Brasil, como o Costa Concórdia, esteja naufragando(no mar da impunidade) e com um capitão que não sabe o que fazer .
É angustiante assistir.

No brasil

Fernando José Gonçalves (Advogado Sócio de Escritório - Civil)

A culpa seria dos rochedos que estavam onde não deveriam estar, ou seja, dentro do mar impedindo a sua visualização.

E se fosse no Brasil ? Ficaria impune

daniel (Outros - Administrativa)

Vejamos: Pegaria no máximo 03 anos e de pena alternativa, o processo demoraria uns 20 anos com uns 40 recursos da defesa e ao final estaria prescrito.....

Comentários encerrados em 19/02/2015.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.