Consultor Jurídico

Notícias

AP 470

Ex-deputado Roberto Jefferson é preso no Rio de Janeiro

O ex-deputado federal Roberto Jefferson (PTB-RJ) foi preso nesta segunda-feira (24/2) no município de Comendador Levy Gasparian (RJ). Considerado delator na Ação Penal 470, o processo do mensalão, Jefferson (foto) se entregou à Polícia Federal depois de receber mandado de prisão expedido pelo Supremo Tribunal Federal.

A princípio, ele será levado ao presídio Ary Franco, na capital fluminense, mas ainda não foi definida a unidade prisional onde cumprirá pena, segundo a Secretaria Estadual de Administração Penitenciária. O ex-deputado deve passar por uma avaliação médica no Complexo Penitenciário de Gericinó, em Bangu.

Agentes da PF passaram o fim de semana em frente à casa dele após o presidente do STF, ministro Joaquim Barbosa, determinar a prisão na noite de sexta-feira (21/2). O ministro rejeitou pedido da defesa para que Jefferson cumprisse prisão domiciliar por motivos de saúde — ele precisa de cuidados especiais desde que passou por uma cirurgia para retirada de um tumor no pâncreas, em 2012. Uma perícia médica havia concluído que não era necessário mantê-lo em casa ou em um hospital.

Jefferson deverá cumprir 7 anos e 14 dias de prisão em regime semiaberto e pagar multa de R$ 720 mil, pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro. Dos condenados na AP 470 que já poderiam ser presos, ele era o único que estava em liberdade.

Revista Consultor Jurídico, 24 de fevereiro de 2014, 14h12

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 04/03/2014.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.