Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Obras da Copa

MT e MA lideram taxa de mortalidade na construção civil

Por 

O Mato Grosso é o estado com a maior taxa de mortalidade entre trabalhadores na construção civil. São 46 mortes por cem mil trabalhadores. Em segundo lugar vem o Maranhão, com taxa de 44,93. O terceiro é o Tocantins, com 30,06. A informação está disponível para visualização no site da Fundacentro, entidade ligada ao Ministério do Trabalho. Os dados são do Anuário Estatístico de Acidentes de Trabalho do Ministério da Previdência.

Para a presidente da Comissão de Direito Previdenciário da OAB-MT, Camila Santos, a elevada taxa do estado está ligada diretamente às obras da Copa do Mundo. “A cidade de Cuiabá está passando por uma revitalização. Como aumentou o trabalho no setor, também aumentou o número de acidentes. Uma das obras da Copa, a Arena Pantanal, teve 60 autos de infração só do meio do ano passado pra cá para regularizar questões de equipamentos de segurança individual e coletiva”, disse.

A ferramenta do site da Fundacentro permite visualização mais fácil dos dados da Previdência. Lá é possível consultar os índices acidentabilidade, letalidade, mortalidade e as incidências de doença do trabalho, de 1999 a 2011. “As informações ficavam dispersas anteriormente e agora podem ser consultadas em mapas e gráficos organizados e separados por indicadores”, disse o estatístico da Fundacentro, Marco Bussacos.

Nessa primeira fase do trabalho, foram analisados dois setores: construção civil e transporte rodoviário de cargas. Segundo a Fundacentro, a administração pública deverá ser o terceiro setor contemplado com a ferramenta.

Clique aqui para acessar a ferramenta da Fundacentro.

Clique aqui para acessar os dados da Previdência.

 é repórter da revista Consultor Jurídico.

Revista Consultor Jurídico, 16 de setembro de 2013, 9h17

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 24/09/2013.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.