Consultor Jurídico

Plano de ações

CNJ quer desativar unidade de internação de jovens

As juízas auxiliares da Presidência do Conselho Nacional de Justiça Cristiana Cordeiro e Joelci Diniz levam, nesta segunda-feira (17/9), ao governador do Distrito Federal, Agnelo Queiroz, um cronograma de ações para acelerar o fechamento da maior unidade de internação de adolescentes, a Unidade de Internação do Plano Piloto (UIPP).

As juízas são coordenadoras do Programa Justiça ao Jovem, que fiscaliza o cumprimento de medidas socioeducativas em todo o país. O objetivo, com esse cronograma, é discutir medidas concretas para desativar a unidade onde foram assassinados três adolescentes no último mês. 

A definição de um plano de ação é consequência do encontro da última quarta-feira (12/9) entre o presidente do Supremo Tribunal Federal e do Conselho Nacional de Justiça, ministro Ayres Britto, e o governador do Distrito Federal, Agnelo Queiroz. Com informações da Assessoria de Imprensa do Conselho Nacional de Justiça.




Topo da página

Revista Consultor Jurídico, 17 de setembro de 2012, 18h27

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 25/09/2012.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.