Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Rumo da investigação

Ladrões levaram 134 armas de Fórum de Peruíbe

Por 

A relação de armas roubadas do Fórum de Peruíbe, no litoral paulista, na madrugada do último dia 2, foi informada nesta semana pelo Poder Judiciário à Polícia Civil. Na ação criminosa, foram levados 134 armamentos — 96 revólveres, 34 pistolas e quatro garruchas dos mais variados calibres. Ninguém foi preso, mas existem algumas pistas dos ladrões, segundo o delegado Francisco Wenceslau, titular de Peruíbe. “Por enquanto, o que podemos divulgar é que a quadrilha alugou uma casa de temporada vizinha ao Fórum, que serviu como uma espécie de base”.

A principal dificuldade das investigações é a ausência de imagens dos assaltantes. Situado na Avenida São João, 664, no Centro, o Fórum não possui câmeras de segurança. Pelo menos quatro homens armados e encapuzados participaram do crime, rendendo o único vigilante que estava no local. A vítima teve os braços imobilizados e foi trancada em um banheiro, onde ficou sob a mira da arma de um dos marginais. Os demais, em seguida, tentaram arrombar um caixa eletrônico do Banco do Brasil instalado no prédio público. Como não conseguiram se apoderar do dinheiro do equipamento, eles foram até a sala utilizada como depósito de armas. Relacionados a processos, os revólveres, as pistolas e as garruchas roubados haviam sido apreendidos pela polícia e se constituíam em provas materiais de crimes.

O vigilante não soube informar em qual veículo os assaltantes fugiram. O delegado Wenceslau afirmou que levantou o modelo e cor do carro usado pelo bando, mas preferiu não revelá-los. Sobre o episódio, o Tribunal de Justiça de São Paulo, por meio de nota, informou que “a Polícia Militar realiza a segurança do local”. E acrescentou que a vigilância será intensificada com a contratação de guarda privada. O comunicado também anuncia estudo para passar as armas para outro local.

Imóvel alugado
Dois homens alugaram a casa vizinha ao Fórum que serviu de base para a quadrilha. A locação durou apenas o final de semana em que foi cometido o roubo e os inquilinos, que se passaram por turistas, forneceram nomes falsos ao locador, conforme disse o delegado. Eventual ligação do bando com os criminosos que tentaram furtar armas do Fórum de São Caetano do Sul, na região do ABC, no último dia 9, é investigada. Nesta investida, três homens foram presos em flagrante, sendo recuperadas 98 armas, entre revólveres, pistolas e espingardas.

 é jornalista.

Revista Consultor Jurídico, 14 de dezembro de 2012, 12h38

Comentários de leitores

2 comentários

...

RAFAEL ADV (Procurador do Município)

E o governo ainda gasta milhões com campanha do DESarmamento... como se a culpa dos crimes fossem das armas legalizadas...
abraço

Bandidos reavendo armas para novamente afrontar o Estado.

Gabriel Ferreira Silva (Estudante de Direito - Criminal)

São fatos como esses que agravam ainda mais a descrença do cidadão brasileiro no Poder Judiciário.
Bandidos roubando armamento de Fórum é inadmissível!
Armas que a muito custo foram apreendidas pela polícia voltam a servir de instrumento para que esses bandidos possam novamente cometer crimes contra a sociedade e afrontar o poder do Estado.

Comentários encerrados em 22/12/2012.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.