Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Trabalho investigativo

Jornalista Décio Sá é assassinado no Maranhão

O jornalista Décio Sá, de 42 anos, foi morto a tiros, nesta segunda-feira (23), em São Luís, no Maranhão. Ele era repórter da editoria de Política do jornal O Estado do Maranhão. Ele estava sozinho no bar Estrela do Mar, que fica na Avenida Litorânea. O crime aconteceu por volta das 23h30. Foram seis tiros, dois deles na cabeça. Décio é conhecido na capital maranhense por denúncias contra setores públicos e políticos. As informações são do portal UOL.

Além de trabalhar no jornal, Décio Sá mantinha um blog com reportagens investigativas. Em seu perfil no Twitter, Décio contava com quase 2 mil seguidores e sua morte rapidamente repercutiu em toda a rede. O blog era um dos mais acessados do estado e vai servir como uma das peças do inquérito.

Segundo informações preliminares da Polícia, Décio Sá estava sozinho no local quando dois homens chegaram em uma motocicleta. Um deles entrou no estabelecimento e foi até o banheiro. Segundo a Polícia, ao retornar o homem disparou seis tiros contra o jornalista, que estava de costas.

Em nota, o presidente do Tribunal Regional do Trabalho do Maranhão, desembargador Alcebíades Tavares Dantas, classificou o crime como “brutal e covarde”. “A morte de Décio Sá deixa uma grande lacuna no jornalismo brasileiro, em especial ao do Maranhão, o que é motivo de pesar para toda a sociedade”, diz.

“É inconcebível que no Brasil, um estado democrático de direito, crimes dessa natureza continuem a ocorrer. É lamentável que o homem, no seu processo contínuo de evolução, ainda tenha atitudes de tamanha selvageria, sem o mínimo respeito ao direito à vida”, finaliza a nota.

Revista Consultor Jurídico, 24 de abril de 2012, 11h48

Comentários de leitores

5 comentários

Enfim, consegui mexer...

Antonio de Assis Nogueira Júnior (Serventuário)

São Paulo, 25 de abril de 2012.
Senhor Diretor:
Aproveito o ensejo para agradecer a lição de política do Sr. Contrariado (Auditor Fiscal). Muito obrigado! Não entendo o porquê da omissão do nome completo de alguns (ou a maioria) Comentadores. Por que será? Perguntar não ofende. Respeitosamente, Antonio de Assis Nogueira Júnior

Assim é no Maranhão

Valterci Sales Lima (Administrador)

A execução do jornalista e repórter da editora de política do jornal o Estado do Maranhão e blogueiro Décio Sá fere a liberdade de imprensa brasileira. É um tapa na cara da segurança nacional.
Ele postava em seu blog reportagens investigativas principalmente sobre a corrupção, calaram estupidamente a voz de mais um combatente da corrupção nesse país.
Recentemente ele publicou em seu blog reportagens referentes aos deputados da Assembléia Legislativa do Maranhão, que recebiam 18 salários por ano, além de receberem R$ 1.050,00 (um mil e cinqüenta reais), de ajuda plano de saúde mensal, e também sobre a prisão em flagrante de assessores do Tribunal de Justiça do Maranhão, por suposta venda de sentença, conforme noticias da imprensa maranhense.
O ocorrido é uma afronta tanto a liberdade de imprensa, quanto ao estado democrático de direito.
É lamentável !!!!!!!

O que o PT tem a ver com isso?

Contrariado (Auditor Fiscal)

É até engraçado como tanta gente, a pretexto de qualquer coisa, enfia o PT no meio de qualquer assunto. Sr. Antonio de Assis Nogueira Júnior (Serventuário), o PT é o único partido político neste país? Antes do governo do PT não existiram tantos outros? E o DEM, o que tem feito? E o PMDB, o que tem feito? E o PSDB, o que tem feito? E todos os outros, o que têm feito? Por que sua ira se dirige apenas para o PT? Ora, se as leis devem ser aprimoradas, é dever permanente de todos os parlamentares e todos os governos, de todos os partidos, trabalhar para este fim.

Ver todos comentários

Comentários encerrados em 02/05/2012.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.