Consultor Jurídico

Vandalismo e ameaças

Fórum é arrombado e processos são jogados no rio

Parte dos processos judiciais que tramitam no município de Rosário, a 65 km de São Luís, no Maranhão, foram jogados dentro do rio que corta a cidade após o prédio do fórum ter sido arrombado na madrugada deste domingo (8/5). A toga usada pela juíza Rosângela Prazeres Macieira também foi parar no rio Itapecuru. A notícia é do jornal Folha de S. Paulo.

Os arrombadores picharam as paredes do fórum com ameaças à juíza. Ninguém foi preso. Nesta segunda-feira (9/5), funcionários do fórum estão tentando identificar quais processos foram extraviados. Tramitam no fórum de Rosário, segundo informação da Corregedoria do Tribunal de Justiça, 4.870 processos.

Em nota divulgada pela corregedoria do TJ-MA, a juíza disse que alguns processos jogados no rio foram recuperados e que nada foi roubado do prédio.

Segundo a Corregedoria, o arrombamento foi percebido na manhã de domingo pelo vigia. Quando chegou para trabalhar, ele encontrou o fórum aberto e revirado e avisou o secretário judicial. A comarca não tem vigia durante a noite.

Há suspeita de que um dos arrombadores tenha entrado no prédio por uma janela basculante, que está quebrada, e aberto a porta do fórum para que outros entrassem.

O corregedor-geral de Justiça, Antonio Guerreiro Júnior, que considerou o ato como "bárbaro", comunicou o arrombamento e as ameaças ao Conselho Nacional de Justiça.

A juíza informou em nota que vai continuar agindo com o "mesmo empenho" na comarca.




Topo da página

Revista Consultor Jurídico, 9 de maio de 2011, 16h58

Comentários de leitores

1 comentário

Homenagem

juniorcabrals (Servidor)

Com certeza, o Min. irá ser bastante "homenageado" pelos gays, ao modo peculiar dessa espécie, se é que sou compreendido.

Comentários encerrados em 17/05/2011.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.