Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Jogo do bicho

PM do Rio prende 223 pessoas, entre elas, 12 policiais

A Polícia Militar do Rio de Janeiro prendeu na madrugada deste sábado (24/12) 223 pessoas suspeitas de envolvimento com o jogo do bicho. A operação ocorreu na capital e no interior do estado. Foram apreendidos 698 talões, 214 máquinas caça-níqueis, 50 veículos e R$ 6,76 mil em poder dos acusados.

De acordo com a Agência Brasil, na noite desta sexta-feira (23/12), a Corregedoria da PM determinou a prisão administrativa e disciplinar de 12 policiais da 3ª Delegacia de Polícia Judiciária Militar, que fica na Baixada Fluminense. Eles são acusados de interceptar cargas roubadas e revendê-las. Foram encontrados nos armários dos policiais, no interior da delegacia, 90 DVDs piratas.

Além da denúncia inicial de que os DVDs piratas estavam guardados em separado na delegacia, a Corregedoria recebeu um vídeo em que um homem aparece descarregando, de um ônibus, uma caixa contendo DVDs piratas. O material foi colocado em um veículo Fiat tipo passeio. Pela placa do veículo, chegou-se ao proprietário. Os 12 policiais foram presos exatamente por serem os responsáveis pelo plantão em que ocorreu o fato.

Os depoimentos das pessoas presas na operação começaram a ser tomados nesta sexta. O prazo da prisão é 72 horas. A Corregedoria abriu inquérito policial militar para apurar os fatos e punir os culpados.

Revista Consultor Jurídico, 24 de dezembro de 2011, 11h36

Comentários de leitores

1 comentário

DE NOVO O RIO....

Gilberto P. Barcelos (Advogado Autônomo - Criminal)

na mídia de novo, alías somente o estado do Rio de janeiro sustentaria sozinho qualquer noticiário e alí tudo acontece, infelizmente.embora tenha á frente da polícia um admirável profissional, o Dr. Beltrane, os tentáculos da corrupção e do crime organizado se alongam em todos as direções e com igual velocidade com a qual a polícia os seccionam.

Comentários encerrados em 01/01/2012.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.