Consultor Jurídico

Meta 2

CNMP informa quantidade de inquéritos abertos até 2007

Já está no ar, no site do Conselho Nacional do Ministério Público, o Inqueritômetro 2.0: uma nova versão da ferramenta que permite o acompanhamento da conclusão dos inquéritos de homicídio instalados no Brasil até o final de 2007. A nova versão possui mais opções de gráficos para visualização das informações, percentuais referentes ao trabalho de cada unidade da federação e um ranking dos estados em relação ao cumprimento de metas.

Quando o Inqueritômetro foi lançado, em maio desse ano, havia no Brasil 151.819 inquéritos de homicídios instaurados até o fim de 2007 e ainda não concluídos. Depois de ajustes referentes ao repasse de informações atualizadas pelas unidades da federação, que já contabilizavam sua produção desde o ano anterior, esse número, posicionado em abril de 2011, sofreu redução para 141.346. Hoje, de acordo com o Inqueritômetro, está em 127.764 e é possível acompanhar a produtividade em cada estado.

O estado de Roraima foi o primeiro a atingir a meta 2. O objetivo é finalizar o trabalho até dezembro de 2011. Os esforços já têm resultado na conclusão de grande número de inquéritos, e têm permitido realizar um grande diagnóstico das dificuldades e gargalos nas investigações de homicídio em todo o país.

O Inqueritômetro traz dados nacionais e por estado sobre o total de inquéritos, quantos foram concluídos — seja com oferecimento de denúncia ou arquivamento — e quantos têm diligências pendentes. Ele foi criado para mostrar o andamento da meta 2 da Estratégia Nacional de Segurança Pública (Enasp). O objetivo é finalizar todos os inquéritos sobre homicídios iniciados até o dia 31 de dezembro de 2007 e ainda em aberto no país. A ferramenta é atualizada mensalmente.

Para a conselheira Taís Ferraz, coordenadora do Grupo de Persecução Penal da Enasp, as mudanças agregaram novas funcionalidades ao sistema original, desenvolvido pelo Ministério Público de Rondônia em parceria com o CNMP. "Já podemos avaliar, sob outras perspectivas, a evolução do cumprimento da meta." Com informações da Assesoria de Imprensa do Conselho Nacional do Ministério Público.




Topo da página

Revista Consultor Jurídico, 30 de agosto de 2011, 8h43

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 07/09/2011.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.