Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Outro não

Justiça nega progressão a Suzane von Richthofen

A 1ª Vara das Execuções Criminais de Taubaté, em São Paulo, negou nesta quarta-feira (13/4), novamente, o pedido de progressão de regime prisional de Suzane Louise Von Richthofen, condenada por participar do assassinato dos pais Marísia e Manfred von Richthofen. O crime aconteceu em 2002, na casa onde as vítimas moravam. A notícia é do portal Último Segundo.

Segundo a juíza Sueli Zeraik de Oliveira Armani, este é um pedido que já foi analisado. Ela concluiu que "a interessada deverá aguardar o julgamento de seu recurso, como de rigor e necessário".

Suzane von Richthofen foi condenada em 2007 a 39 anos de prisão. Ela também foi considerada indigna de receber a herança pela 1ª Vara de Família e Sucessões de Santo Amaro. A indignidade é uma sanção civil aplicada ao herdeiro que tem conduta injusta com quem iria transmitir a herança. A ação foi movida pelo irmão de Suzane, Andreas.

Revista Consultor Jurídico, 14 de abril de 2011, 11h44

Comentários de leitores

1 comentário

VIVA O BRASIL !!!!

Fernando José Gonçalves (Advogado Sócio de Escritório)

Condenada há 39 anos, desde 2.007, por crime hediondo e, após 4 cumpridos,quer progressão de regime. Só aqui mesmo.

Comentários encerrados em 22/04/2011.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.