Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Triplo assassinato

Integrante de partido nazista pega perpétua

O antigo integrante da SS, exército do partido nazista, Heinrich Boere foi condenado nesta terça-feira (23/3) a prisão perpétua por um tribunal da cidade alemã de Aachen. Ele foi acusado de triplo assassinato cometido na Holanda durante a Segunda Guerra Mundial. A informação é do portal Universo Online.

A ação foi movida pelos filhos das vítimas. A longo de 20 sessões, o acusado, sempre sentado em uma cadeira de rodas, não disse praticamente uma palavra. No entanto, o ex-membro da SS admitiu os crimes pelos quais era acusado por meio de uma confissão escrita lida por seus advogados no tribunal.

Como membro do grupo de extermínio Feldmeijer, Boere, atualmente com 88 anos, participou do assassinato de três civis holandeses em 1944. As três vítimas do nazista foram assassinadas nas localidades de Breda, Voorschoten e Wassenaar, entre julho e setembro de 1944. A execução do trio foi uma represália a atentados cometidos pela resistência holandesa.

Apesar da condenação, a prisão do ex-membro da SS dependerá da avaliação de peritos, que decidirão se o estado de saúde de Boere permitirá a ele passar o resto da vida atrás das grades.

Revista Consultor Jurídico, 23 de março de 2010, 19h04

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 31/03/2010.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.