Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Meta de 2010

CNJ quer julgar meio milhão de homicídios

A agilidade no julgamento de processos criminais é o principal foco do Conselho Nacional de Justiça para 2010. O objetivo é conseguir julgar ainda neste ano todos os casos de homicídio doloso protocolados na Justiça até o fim de 2007. As informações são do Correio Braziliense.

De acordo com o secretário-geral do CNJ, Rubens Curado, existe estimativa de 500 mil casos de crimes contra a vida pendentes de julgamento. Curado informou que o número preciso de casos deve sair em meados de abril. Dados do Mapa da Violência, divulgados pelo governo federal, informam que de 2000 a 2006, 337.213 homicídios foram registrados no país. Em 2006, foram 46.660 casos.

O motivo do novo foco da CNJ é o elevado número de processos que não são julgados e acabam ficando engavetados nos tribunais, sendo que muitos prescrevem por falta de julgamento. A juíza Higyna Bezerra, que atua na Paraíba, citou que em um dos tribunais do júri de João Pessoa mais de 40% dos processos prescreveram. Segundo ela, 49 de um total de 115 casos.

Revista Consultor Jurídico, 7 de março de 2010, 12h49

Comentários de leitores

1 comentário

praticamente impossível, seriam quase 1.500 juris por dia

daniel (Outros - Administrativa)

praticamente impossível, seriam quase 1.500 juris por dia, incluindo sábado e domingo. Mas, é importante estabelecer uma meta. Veremos em Abril !

Comentários encerrados em 15/03/2010.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.