Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Tapa no rosto

CPI vai investigar vereador que agrediu jornalista

A Câmara Municipal de Pontes e Lacerda, em Mato Grosso, aprovou na segunda-feira (5/7), a criação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito para investigar a agressão do vereador Lourivaldo Rodrigues de Moraes (DEM-MT) contra a repórter Márcia Pache, da TV Centro-Oeste, filiada do SBT, no final do mês de junho. No dia 28 de junho, ela foi agredida com um tapa no rosto ao perguntar para o vereador, conhecido como Kirrarinha, se ele poderia falar sobre as acusações de obtenção de procuração para receber aposentadoria em nome de uma idosa e ficar com o dinheiro. E ainda de ter autorizado a invasão de um imóvel em um condomínio residencial construído pelo governo de Mato Grosso. No momento da agressão, o vereador estava sendo indiciado pelos crimes. As informações são do Portal Imprensa e do site Mídia News. Clique aqui para ver o vídeo.

Durante a sessão que aprovou a CPI, a vereadora e vice-presidente da Câmara, Jalma Freitas (PP), observou que a Mesa Diretora da Casa mostrou-se preocupada com o incidente, principalmente por se tratar de um ato violento contra uma mulher.

Segundo o site Mídia News, a repórter estava fazendo uma série de notícias que sobre o vereador de Mato Grosso. Márcia declarou que teme pela sua vida e pela de sua família.

Em nota, o Sindicato dos Jornalistas de Mato Grosso repudiou a agressão sofrida pela jornalista e colocou sua assessoria jurídica à disposição da repórter. O Sindijor-MT ressaltou que é preciso manter o respeito ao cidadão e ao profissional mesmo em momentos em que os ânimos estão alterados.

O parlamentar já agrediu outro profissional de imprensa, o jornalista Celso Garcia, da TV Record. Márcia declarou que prestou queixa contra o vereador e que irá processá-lo e pedir indenização por danos.

Clique aqui para ver o vídeo

Revista Consultor Jurídico, 8 de julho de 2010, 16h20

Comentários de leitores

2 comentários

Enrolação

JCláudio (Funcionário público)

Esta CPI é coisa de gente que não tem o que fazer na vida. CPI para que. Lugar de covarde é na cadeia. Isto não é um homem. É um covarde e um cretino.

Oportunidade para aparecer

Rogério Aro. (Advogado Sócio de Escritório - Criminal)

Investigar o que? O crime está mais do que provado! Essa CPI serve apenas para auto promoção destes parlamentares sedentos por exposição grátis na mídia em época de eleição!

Comentários encerrados em 16/07/2010.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.