Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Tragédia familiar

Irmão de ex-governador mata filho e se suicida

O advogado Paulo Fernando Coelho Fleury, de 47 anos, irmão do ex-governador de São Paulo Luiz Antônio Fleury Filho, matou o filho e se matou em seguida na casa da família em Sorocaba, na noite deste sábado (17/10). A informação é da Folha Online.

Os corpos do advogado e de seu filho foram enterrados por volta das 13h30 deste domingo (18/10) no cemitério Pax.

De acordo com informações da Secretaria de Segurança Pública, o crime ocorreu durante uma discussão do advogado e seu filho, o estudante Paulo Fernando Coelho Fleury Filho, de 20 anos, por volta das 20h20, no bairro Jardim dos Estados. A mãe do jovem presenciou o crime. 

A arma utilizada foi um revólver calibre 32, que foi apreendido pela polícia.

Revista Consultor Jurídico, 18 de outubro de 2009, 17h40

Comentários de leitores

6 comentários

TRAGÉDIA FAMILIAR LAMENTÁVEL

MARCELO-ADV-SE (Advogado Associado a Escritório)

Certamente uma tragédia familiar lamentável.
Mas a nós, que não conhecemos os fatos e protagonistas com profundidade, incumbe apenas pesar pelas perdas, sem buscar adjetivar os envolvidos, por mais que não entendamos o gesto, e que o reputemos totalmente fora de propósito; e muito menos querer traçar paralelos a condições econômico-financeiras, que nada tem a ver com o contexto factual.
A família já sofre demais com o fato em si, e acrescentar novos ingredientes a essa imolação é, no mínimo, a satisfação de uma mórbida perversidade, ainda que escondida sob o manto da liberdade de pensamento.
Ao familiares, meus profundos prantos.
Às almas dos protagonistas, desejo _ainda que paradoxalmente, e sem qualquer ironia_ que persigam a paz.

Amor e Luto

Diane Mauriz Jayme (Advogado Autônomo - Trabalhista)

A imagem do jovem e de seu pai não me sai da cabeça. O excesso de amor, de ciúmes, de divergencia, de raiva, de poder, de tristeza, tudo pode nessa vida, menos uma arma letal quando se está nessas condições. É a fragilidade do forte.
Não é a profissão, o nome da família, é mais um cidadão culturalmente moldado para moldar os seus. É o sofrimento do enfrentamento das diferenças sem a perfeita noção ou condição de igualdade e independencia. Amor e Luto, efeito e consequencia.Meus sinceros sentimentos à familia enlutada. Sinto muito!

Sanidade Mental

Edusco (Advogado Autônomo - Civil)

Alé do Exame de Ordem, úmico, a OAB deveria instituir Exame de Sanidade Mental periódico, que nem o Exame de Vista no DETRAN, pois há muitos ADVOGADOS pirando fatidicamente...

Ver todos comentários

Comentários encerrados em 26/10/2009.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.