Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Falta de perícia

STF absolve empresários acusados de vender mercadoria imprópria

Os empresários Eugênio Schuch Júnior e Milton Fernando Sesti Neves, sócios da fábrica de sabão Blue Chemical, foram absolvidos pela 1ª Turma do Supremo Tribunal Federal. Eles foram condenados em 2004, por colocar à venda mercadoria imprópria para o consumo. Esse crime é previsto no artigo 7º, IX 8.137/90, que trata de crimes tributários e de relações de consumo.

Após analisar o Habeas Corpus, os ministros absolveram os acusados. Eles aceitaram os argumentos do advogado de defesa de que para comprovar a existência desse crime seria necessária uma perícia.

Por unanimidade, os ministros concordaram que o crime é formal. Isso acontece quando a consumação do crime se resume ao ato, não importado se houve resultados.

Os ministros entenderam, no entanto, que é preciso a demonstração de que o produto está realmente impróprio para consumo para que se caracterize o crime.

HC 90.779

Revista Consultor Jurídico, 18 de junho de 2008, 0h01

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 26/06/2008.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.