Consultor Jurídico

Etapa de interrogatórios

Justiça Federal já ouviu 19 réus do caso Mensalão

A Justiça Federal nos estados de Pernambuco, Distrito Federal, Bahia, São Paulo, Minas Gerais e Paraná já ouviu 19 réus da Ação Penal 470, que investiga o suposto esquema do mensalão.

O ex-tesoureiro do PT Delúbio Soares, o ex-ministro da Casa Civil José Dirceu, o publicitário Duda Mendonça, o ex-presidente do PT José Genoíno e o deputado Valdemar Costa Neto estão entre os acusados que já foram ouvidos. Com relação a Sílvio Pereira, ex-secretário-geral do PT, o processo foi suspenso por um acordo com o Ministério Público, homologado pela Justiça Federal em São Paulo no dia 24 de janeiro.

Pelo acordo, Silvio Pereira não precisa prestar depoimento durante três anos. Neste período, terá de prestar serviços comunitários, avisar quando viajar por mais de oito dias e comparecer na Justiça periodicamente.

Os únicos que ainda não tiveram as datas das audiências confirmadas são as do ex-deputado federal Professor Luizinho (PT-SP), do ex-secretário Luiz Gushiken e Ayanna Tenório, ex-diretora do Banco Rural. Os três devem ser ouvidos pela Justiça Federal paulista. De acordo com um despacho dessa segunda-feira (28/1), da presidente do Supremo, ministra Ellen Gracie, Ayanna será ouvida em São Paulo, onde está morando, conforme informou à Justiça em Minas. Segundo Ellen Gracie, já foi expedida carta de ordem para a Justiça Federal paulista e o Supremo aguarda a confirmação da data de sua audiência.

Outros 17 denunciados já têm data certa para serem interrogados. Entre eles, estão o empresário Marcos Valério, o deputado cassado Roberto Jefferson e o ex-diretor de marketing do Banco do Brasil Henrique Pizzolato, todos com audiência marcada para fevereiro.

Confira a relação das audiências

Interrogatórios feitos

1. Pedro Correa (PE), em 14/12/07

2. João Paulo Cunha (DF), em 17/12/07

3. José Genoíno Neto (DF), em 17/12/07

4. Pedro Henry (DF), em 18/12/07

5. Valdemar da Costa Neto (DF), em 18/12/07

6. Paulo Rocha (DF), em 18/12/07

7. Duda Mendonça (BA), em 16/1/08

8. Zilmar Fernandes (BA), em 16/1/08

9. José Luiz Alves (MG), em 21/1/08

10. Geiza Dias (MG), em 21/1/08

11. Anderson Adauto (MG), em 21/1/08

12. João Magno (MG), em 21/1/08

13. Breno Fischberg (SP), em 23/1/08

14. Delúbio Soares (SP), em 23/1/08

15. José Dirceu (SP), em 24/1/08

16. Enivaldo Quadrado (SP), em 24/1/08

17. Eloy Palmieri (PR), em 25/1/08

18. Kátia Rabello (MG), em 28/1/08

19. Vinicius Samarane (MG), em 28/1/08

Interrogatórios marcados

1. Carlos Alberto Quaglia (SC), em 30/1/08

2. Marcos Valério (MG), em 1/2/08

3. Roberto Jefferson (RJ), em 12/2/08

4. Bispo Rodrigues (RJ), em 13/2/08

5. Henrique Pizzolato (RJ), em 14/2/08

6. José Janene (PR), em 18/2/08

7. José Borba (PR), 18/2/08, 17h

8. João Cláudio Genu (DF), em 20 ou 21/2/08

9. Jacinto Lamas (DF), em 20 ou 21/2/08

10. Antonio Lamas (DF), em 20 ou 21/2/08

11. Anita Leocádia (DF), em 20 ou 21/2/08

12. Cristiano Paz (MG), em 25/2/08

13. Simone Vasconcelos (MG), em 25/2/08

14. Rogério Tolentino (MG), em 25/2/08

15. José Roberto Salgado (MG), em 26/2/08, 13h

16. Romeu Queiroz (MG), em 26/2/08, 13h

17. Ramon Hollerbach (MG), em 26/2/08, 13h

Interrogatórios não marcados

18. Luiz Gushiken (SP)

19. Prof. Luizinho (SP)

20. Ayanna Tenório (SP)




Topo da página

Revista Consultor Jurídico, 29 de janeiro de 2008, 21h24

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 06/02/2008.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.