Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Governo virtual

Serviços online do governo foram usados por 25% da população

Em 2007, cerca de 25% dos brasileiros com mais de 16 anos acessaram pela internet um serviço do governo federal. O dado é do Núcleo de Informação e Coordenação do Ponto BR, órgão vinculado ao Comitê Gestor da Internet no Brasil.

Segundo a pesquisa, o resultado mostra um crescimento de 11 pontos percentuais em comparação a 2005. A pesquisa mostra que 48% desses usuários são da classe C. Já a classe B representa 36% dos usuários, enquanto a A fica com 5% e a D e E, com 11%. Dos que acessaram, 49% terminaram o Ensino Médio e 39% fizeram uma faculdade (Clique aqui para ler a pesquisa).

A pesquisa identifica um aumento forte no acesso aos serviços do governo entre os internautas com renda familiar entre três e cinco salário mínimos. Eles passaram de 14% para 40% do total dos usuários na comparação com 2005.

Dos que nunca usaram os serviços eletrônicos, 49% dos entrevistados disseram que ainda preferem o contato pessoal para resguardar seus dados da rede de computadores. O serviço mais procurado foi a consulta de CPF usado por quase 60% das pessoas que buscam o e-gov.

Em segundo lugar, vêm os serviços públicos de educação, seguidos do envio da declaração do Imposto de Renda e a inscrição em concursos públicos. Está no topo dos acessos a procura por informação sobre emissão de documentos, serviços públicos de saúde e direitos do trabalhador.

Revista Consultor Jurídico, 16 de abril de 2008, 16h54

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 24/04/2008.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.