Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Jogo ilegal

Polícia Federal apreende mil caça-níqueis em Ribeirão Preto

A Polícia Federal apreendeu, na segunda-feira (25/6), mil máquinas caça-níqueis existentes em sete bingos da cidade de Ribeirão Preto, interior de São Paulo. A apreensão, autorizada pela Justiça Federal, foi pedida, em conjunto, pelo Ministério Público Federal e estadual. Eles apuraram o crime de contrabando.

A medida, autorizada pelo juiz federal Davi Diniz Dantas, da 1ª Vara Federal de Ribeirão Preto, determina que os bingos fiquem fechados enquanto os policiais e auditores da Receita Federal fazem a lacração e apreensão das máquinas, trabalho que deve ser concluído nesta terça-feira (26/6).

Revista Consultor Jurídico, 26 de junho de 2007, 18h57

Comentários de leitores

4 comentários

..enquanto isso o mundo gira! E nos grandes cen...

futuka (Consultor)

..enquanto isso o mundo gira! E nos grandes centros urbanos (os pequenos também)a "malandragem federal corre sôlta", entre outros "buchichos"..nunca vi tanto material(...) pirata "aos milhares" pelas ruas e praças públicas como nos dias de hoje (para isso acabar não tem nada a ver com fiscalização municipal e sim com a receita e polícia federal). A propósito "caça-níquel" nos jornais já saiu da moda, vamo partir prá outra.. que já vem desde o milênio passado. No mais concordo com o senhor Douglas e em parte com os demais comentaristas.

Pois é, combater bandidos e ilícitos desagrada ...

Armando do Prado (Professor)

Pois é, combater bandidos e ilícitos desagrada muitos, mas é preciso: Avançar! Portanto, AVANTE PF! AVANTE MPF!

Quando será a vez de reprimir o jogo de palitin...

Francisco Lobo da Costa Ruiz - advocacia criminal (Advogado Autônomo - Criminal)

Quando será a vez de reprimir o jogo de palitinho, dominó, dama, rouba monte e outros?

Ver todos comentários

Comentários encerrados em 04/07/2007.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.