Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Crime congelado

Preso na Bélgica, homem que matou a mulher e guardou no freezer

Depois de intervir em diversas brigas de um casal, a Polícia de uma cidade na Bélgica foi chamada para averiguar uma denúncia: o corpo da mulher em um freezer. O marido, que responde a vários processos por violência doméstica, matou a mulher e o filho dela com facadas. A informação é do site Espaço vital.

O corpo foi encontrado por uma convidada, que foi jantar na casa do amigo. Quando foi guardar as sobras da comida, descobriu o corpo da mulher dele, dentro do freezer. Em estado de choque, deixou a casa e telefonou para a Polícia, que achou o corpo do filho.

De acordo com a imprensa belga, o próprio dono da casa, ao ser preso, indicou aos policiais o corpo do menino de 11 anos, que também estava em outro congelador. Os dois corpos tinham marcas de facadas, mas ainda não se sabe quando os crimes foram cometidos. A Polícia espera que a autópsia ajude a esclarecer os crimes.

Ao ser interrogado, o homem confessou ter matado os dois, mas não explicou a morte do enteado nem a descoberta dos corpos no congelador. Ele foi preso, na quarta-feira (4/7), e teve sua prisão preventiva confirmada por um juiz criminal.

O homem havia sido intimado a comparecer em um tribunal da cidade no próximo dia 12 de setembro, justamente por episódios de violência contra a mulher.

Revista Consultor Jurídico, 6 de julho de 2007, 14h57

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 14/07/2007.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.