Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Morte no exterior

Brasileira é assassinada pelo marido na Espanha

Por 

Uma brasileira de 38 anos foi assassinada a tiros, nesta segunda-feira (29/1) na cidade de Soria, na Espanha. O marido da vítima foi encontrado pela polícia, horas depois, com um ferimento na boca produzido por arma de fogo. Para a polícia, ele teria tentado o suicídio depois de matar a mulher. O casal estava tratando da separação consensual.

A vítima, identificada apenas pelas iniciais R.C.S.A, recebeu vários disparos de escopeta e morreu no local apesar das tentativas frustradas dos serviços de emergência para reanimá-la. O homem sobreviveu e encontra-se em estado grave. As informações são do jornal El País, Agência EFE e Informativo Telecinco.

Segundo as investigações, a mulher se dirigia a um escritório de advogados para tratar dos papéis de sua separação, cuja tramitação havia iniciado em dezembro do ano passado. O casal, que tinha uma filha de cinco anos, vivia junto desde 2001, mas decidiu, por mútuo acordo, iniciar o processo de separação judicial em dezembro. O marido, que sabia da visita da mulher ao advogado, esperou sua chegada no interior do veículo, em frente ao edifício onde está o escritório.

De acordo com o subdelegado de Governo em Soria, Germán Andrés, não havia registro de denúncia relacionado ao casal, nem ordem judicial que aconselhasse, como medida preventiva, o afastamento entre os cônjuges.

A morte de mulheres em mãos de seus companheiros continua sendo um dos problemas mais graves da sociedade espanhola. Na tentativa de frear a escalada de casos entrou em vigor, em janeiro de 2005, uma lei integral contra a Violência de Gênero. No ano passado, 93 mulheres morreram à causa desse tipo de violência na Espanha.

 é jornalista e advogada. Atualmente, faz doutorado em Direito Constitucional na Universidad de Salamanca, na Espanha.

Revista Consultor Jurídico, 29 de janeiro de 2007, 18h55

Comentários de leitores

1 comentário

O sentimento que predomina em muitos homens em ...

maria (Outros)

O sentimento que predomina em muitos homens em relação à mulher é o de PROPRIEDADE.Preferem matá-las quando são rejeitados. Uns pelas balas, outros através de prejuízos materiais (desaparecem com o patrimônio antes da partilha dos bens)

Comentários encerrados em 06/02/2007.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.