Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Nocaute técnico

Tyson vai a audîencia mas se mantém em silêncio

O ex-campeão mundial de boxe dos pesos pesados Mike Tyson não se declarou culpado, em audiência realizada nesta segunda-feira em Phoenix, Arizona, das acusações de porte de drogas e de dirigir automóvel sob influência da cocaína.

Segundo o site Findlaw, Tyson disse poucas palavras na audiência: seu nome e sua data de nascimento. Um dos quatro advogados de Tyson, David Chesnoff, disse apenas que o boxeador busca “ajuda psicológica profissional” e pretende se manter fora da cadeia.

Tyson foi indiciado no começo de janeiro sob acusação de posse de drogas, de guiar drogado e de carregar uma “parafernália” para o consumo de drogas. Caso seja condenado pelos três crimes, pode pegar até sete anos e meio de cadeia.

Tyzon foi preso em flagrante no dia 29 de dezembro, na cidade de Scottsdale. Carregava quatro saquinhos de cocaína no bolso. A próxima audiência do ex-campeão munidal dos pesos pesados foi marcada para 26 de fevereiro.


Revista Consultor Jurídico, 23 de janeiro de 2007, 14h06

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 31/01/2007.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.