Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Segurança máxima

Traficantes são transferidos do Rio de Janeiro para o Paraná

Os traficantes considerados mais perigosos no Rio de Janeiro foram transferidos, nesta sexta-feira (5/1), do presídio de segurança máxima Bangu 1 para a penitenciária federal de Catanduvas, no Paraná. A maioria dos presos transferidos pertence a facções criminosas que teriam liderado ataques a policiais militares, delegacias e civis. As informações são da Folha Online.

Segundo a Secretaria de Administração Penitenciária do Rio, foram transferidos os traficantes conhecidos pelos apelidos de Marcinho VP, Isaías do Borel, Elias Maluco, Porca Russa, Robinho Pinga, Lambari, My Tor, Tchaca, Sapinho e Claudinho da Mineira. Outros dois presos não foram identificados pela Secretaria.

O comboio com os presos saiu do complexo de Bangu e passou por várias vias expressas da cidade, como avenida Brasil e Linha Vermelha, antes de chegar à base aérea do Galeão. Um helicóptero da Polícia acompanhou toda a operação. "Por enquanto, ainda não se sabe quanto tempo eles vão permanecer no presídio de Catanduvas", disse uma assessora da Secretaria.

Revista Consultor Jurídico, 5 de janeiro de 2007, 20h12

Comentários de leitores

7 comentários

digo, problema.

Francisco Lobo da Costa Ruiz - advocacia criminal (Advogado Autônomo - Criminal)

digo, problema.

Ufa! agora o problemas está resolvido...

Francisco Lobo da Costa Ruiz - advocacia criminal (Advogado Autônomo - Criminal)

Ufa! agora o problemas está resolvido...

O que eu sei é, que se é necessário deslocar pr...

A.G. Moreira (Consultor)

O que eu sei é, que se é necessário deslocar presidiários de "alta periculosidade" , para presídios de "segurança máxima", como é possível estas transferências serem anunciadas a toda a população e acompanhadas pela imprensa ? Assim, parece que, tanto, as autoridades quanto a imprensa, estão colaborando com os bandidos ! ! !

Ver todos comentários

Comentários encerrados em 13/01/2007.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.