Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Militância em números

Perfil de filiado de partido não reflete brasileiro médio

Por 

Homem, com idade entre 45 e 59 anos, morador da região Sul do país. Este é o perfil da maioria dos filiados a partidos políticos no Brasil. É o que mostra levantamento do Tribunal Superior Eleitoral, divulgado nesta quarta-feira (28/2).

Segundo os dados do estudo, os homens representam 56,22% dos 11,5 milhões de brasileiros filiados (9,18% do eleitorado) em 28 partidos políticos registrados no TSE. O número mostra que é falho o argumento das legendas de que não conseguem preencher a cota de 30% das candidatas mulher, já que 43,55% de seus membros são do sexo feminino. Na população em geral, as mulheres são cerca de 2,5 milhões a mais, segundo o IBGE.

O PRB, do vice-presidente José de Alencar, é o único com mais mulheres (52,88%) do que homens (46,98%). Por outro lado, apesar de ter uma militância focada nos movimentos feministas e ter tido uma candidata a presidente em 2006, o PSOL apresenta o menor índice de adesão feminina: possui 32,87% (1.829) de filiadas.

Isto não significa que as mulheres seguem partidos com tendência mais de centro-direita. O PSTU e PCB estão na segunda e terceira colocação do ranking feminino com 47,38% e 46,22% de mulheres, respectivamente.

As mulheres que vivem no exterior (53,73%) e no Distrito Federal (52,04%) são as que mais participam da política partidária proporcionalmente. Já, no Paraná e Santa Catarina, a política é controlada pelos homens com 60,01% e 59,73%.

Envelhecimento da política

Quanto a faixa etária, os adultos com idade entre 45 e 59 anos representam 34,64% dos filiados. Em seguida, vêm aqueles da faixa entre 35 e 44 anos com 25,75%. A tendência é de envelhecimento da militância política. Em 2002, os filiados representavam 9,66% eleitores. Nos dados de janeiro deste ano, a militância passou para 9,18%, o que representa um crescimento menor de filiados em relação a média dos eleitores.

Enquanto isso, os jovens na escala de 16 a 24 anos representam somente 4,52% do total de eleitores filiados. Entre esta faixa etária e a de 25 a 34 anos, o PMDB é o que tem o maior número de militantes. Entre o 21 e 24 anos, o PMDB, com 55.934 (2,75%) perde para o PT, com 58.029 (5,54%).

No PMDB também é o partido com o maior número absoluto de filiados (2.037.431). Apesar disto, é a agremiação que mais encolheu deste 2002. Mais de 8% de seus membros abandonaram suas fileiras.

Mesmo não sendo nem o quinto mais votado, o PP é o segundo maior com número de adesões (1.266.295). PSDB, PT e PFL são praticamente do mesmo tamanho quanto as filiações. Dos eleitores 1.096.669 são tucanos de carteirinha, enquanto 1.047.198 são petistas. O PFL chegou ao total de 1.025.602 filiações.

O partido que mais cresceu em números absolutos foi o PT com 218417 novos filiados durante o governo Lula. Proporcionalmente, o maior aumento foi do PCO, que passou de 1.535 militantes para 3.370 (119,54%). Mesmo assim, os ultracomunistas continuam a ser a menor legenda de todas.

Domínio do Sul

Os estados, que mais militantes têm em relação ao número de eleitores, são Santa Catarina (14,80%) e Rio Grande do Sul (14,60%). Até pela sua população, São Paulo detém o maior número de filiados em números absolutos: 2.358.582. Durante a administração de Blairo Maggi, o Mato Grosso foi o que se politizou mais. O estado aumentou o número de filiados de 81.042 para 204.252, um crescimento de 152,03%.

O perfil dos filiados a partidos políticos foi levantado pelo TSE a partir das informações passadas pelas legendas, duas vezes por ano, à Justiça Eleitoral. De acordo com o artigo 19 da Lei dos Partidos Políticos, entre os dias 8 a 14 dos meses de abril e outubro de cada ano, o partido é obrigado a enviar ao juiz eleitoral a relação de filiados da legenda devidamente atualizada.


Evolução do número de filiados, por partido

Partidos 2002 2007 Crescimento
PAN

30.225

51.886

71,67%

PC DO B

151.620

187.160

23,44%

PCB

10.228

13.828

35,20%

PCO

1.535

3.370

119,54%

PDT

974.030

956.318

-1,82%

PFL

1.022.275

1.025.602

0,33%

PGT

35.003

0

-

PHS

39.226

83.525

112,93%

PL

503.891

650.326

29,06%

PMDB

2.217.027

2.037.431

-8,10%

PMN

150.314

172.378

14,68%

PP

0

1.266.295

-

PPB

1.410.864

0

-

PPS

300.151

404.461

34,75%

PRB

0

3.761

-

PRONA

30.258

47.350

56,49%

PRP

153.416

172.613

12,51%

PRTB

36.970

69.086

86,87%

PSB

351.970

331.896

-5,70%

PSC

203.863

216.263

6,08%

PSD

231.131

0

-

PSDB

1.049.902

1.096.669

4,45%

PSDC

53.314

101.579

90,53%

PSL

99.842

136.549

36,77%

PSOL

0

5.564

-

PST

81.539

0

-

PSTU

13.062

13.563

3,84%

PT

828.781

1.047.198

26,35%

PT DO B

87.242

107.766

23,53%

PTB

823.178

988.354

20,07%

PTC

110.041

125.072

13,66%

PTN

34.168

72.588

112,44%

PV

96.069

181.710

89,15%

Total

11.131.135

11.570.161

3,94%



Evolução do número de filiados, por estado

2002

2007

Crescimento

AC

34.391

36.866

7,20%

AL

118.344

109.307

-7,64%

AM

103.954

119.296

14,76%

AP

34.940

45.804

31,09%

BA

669.384

648.526

-3,12%

CE

345.597

362.303

4,83%

DF

94.350

111.652

18,34%

ES

263.307

252.404

-4,14%

GO

472.668

471.037

-0,35%

MA

303.146

348.728

15,04%

MG

1.262.004

1.277.011

1,19%

MS

196.403

202.439

3,07%

MT

81.042

204.252

152,03%

PA

267.501

281.241

5,14%

PB

223.959

249.089

11,22%

PE

475.974

446.005

-6,30%

PI

187.789

204.226

8,75%

PR

773.504

755.831

-2,28%

RJ

870.206

838.987

-3,59%

RN

164.460

180.937

10,02%

RO

107.815

113.155

4,95%

RR

10.000

24.548

145,48%

RS

986.437

1.067.676

8,24%

SC

557.456

610.187

9,46%

SE

118.034

129.684

9,87%

SP

2.290.568

2.358.582

2,97%

TO

116.234

119.919

3,17%

EXT

1.668

469

-71,88%

Total

11.131.135

11.570.161

3,94%



Filiados por sexo, por estado
UF Masculino Feminino
AC

 é repórter da revista Consultor Jurídico.

Revista Consultor Jurídico, 28 de fevereiro de 2007, 20h21

Comentários de leitores

1 comentário

Tentem arrumar emprego formal à partir dos 40 a...

Bira (Industrial)

Tentem arrumar emprego formal à partir dos 40 anos.

Comentários encerrados em 08/03/2007.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.