Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Punição rígida

Policial acusado de formação de quadrilha pede para sair do RDD

O policial civil Fábio Menezes de Leão entrou com pedido de Habeas Corpus, no Supremo Tribunal Federal, para se livrar do Regime Disciplinar Diferenciado (RDD).

Fábio Menezes de Leão é acusado de formação de quadrilha e foi preso pela Polícia Federal durante a Operação Gladiador. Inicialmente, ele foi levado a Polinter. Depois, acabou transferido para o RDD, no presídio Bangu I.

O argumento da defesa é o de que a prisão é ilegal porque a transferência foi feita antes do decreto de prisão preventiva. Argumentou também que, enquanto esteve na Polinter, não cometeu qualquer falta disciplinar. A relatora do pedido é a ministra Cármen Lúcia.

A Operação Gladiador foi desencadeada no dia 15 de dezembro do ano passado, depois de sete meses de investigação. O objetivo foi desarticular uma quadrilha formada por policiais civis e militares que garantia a proteção de dois bicheiros que atuavam na zona oeste do Rio de Janeiro. Os policiais são acusados de formação de quadrilha, lavagem de dinheiro e ligação com o crime organizado

HC 90.593

Revista Consultor Jurídico, 9 de fevereiro de 2007, 17h41

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 17/02/2007.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.